ARTE E TERRITÓRIO URBANO: DE SÃO PAULO DE PIRATININGA À CRACOLÂNDIA COM ANDRE LEAL

A partir de discussões teóricas, conversas com artistas e pesquisadores e passeios pelo centro de São Paulo, a oficina pretende dotar os participantes dos elementos necessários para desenvolverem propostas de interferências ou ressignificações urbanas, a serem realizadas individualmente ou em grupo(s), e que poderão ser apresentadas em algum espaço expositivo da região a ser definido caso a proposta seja aprovada.

A cidade é o hábitat humano por excelência neste começo de século 21 e ao mesmo tempo se apresenta a seus habitantes como uma entidade com vida própria, cujo desenvolvimento se dá de maneira alheia aos seus desejos e necessidades. Muitos são os conflitos que afloram nesse ambiente e muitas são suas potencialidades, cuja maioria permanece apenas em estado latente.

As artes plásticas têm uma longa relação com o espaço urbano, algo que nas últimas décadas se acentuou sobremaneira. Diversas são as maneiras de interferir nesse ambiente, seja diretamente ou mesmo ressignificando sua imagem e propondo novos olhares para essa paisagem entrópica em constante transformação.

A oficina tem como objetivo analisar as maneiras como a arte se relaciona com a cidade e propor aos participantes atuações diretas com esse ambiente, tendo como foco principal a região mais conflitiva do centro de São Paulo, a chamada Cracolândia, alvo de uma série de ações violentas do poder público nos últimos meses e anos.

O objetivo da oficina também é o de pensar a história da constituição do centro da cidade de São Paulo em seus aspectos conflitivos e como a Cracolândia participa de um processo mais geral de transformações da trama urbana paulistana. Do mesmo modo, a proposta é que as ações artísticas a serem elaboradas na oficina deem visibilidade ou apontem para as feridas abertas dessa região e eventualmente possam de algum modo ajudar a melhorar a qualidade de vida dos moradores da região independentemente das ações violentas do poder público.

Metodologia
A oficina se desenvolverá a partir de exposições teóricas sobre a relação entre arte, cidade, paisagem e território com base em autores e produções artísticas que se relacionem com a cidade de diferentes maneiras.

Em um segundo momento os participantes sairiam a campo para explorar a região central de São Paulo e pensar em modos de ativação ou ressignificação de seus ambientes, tendo como foco a região da chamada Cracolândia.

Saiba mais sobre a oficina: clique aqui

Período: Terças e Quintas das 19h às 22h e Sábado das 14h às 17h
Datas: 16, 18, 20, 23 e 25 de janeiro
Carga horaria: 15 horas
Local: Sede do IABsp, Rua Bento Freitas, 306 – Salão IAB
Custo: Não Sócio R$ 230,00 – Sócio R$ 160,00
Serão oferecidas 2 bolsas: enviar CV + carta de intenção

Obs. A realização do Curso se dará somente mediante a inscrição mínima de 10 (dez) Estudantes. Caso não complete o mínimo de Estudantes o IABsp irá restituir o valor das inscrições realizadas.

Para efetuar sua inscrição: clique aqui

Informações:
Fone: (11) 3259-6866
E-mail:  cursos@iabsp.org.br