São Paulo dos Bondes da Light ao Parque Minhocão

CONTEÚDO
O conteúdo do curso é uma ampla exposição do histórico do rodoviarismo no Brasil, ideologia que envolveu muitas variáveis, sobredeterminou a estruturação urbana da cidade de São Paulo e capturou o desenvolvimento industrial brasileiro desnaturando-o, transformando-o em desenvolvimentismo, paródia daquele que não inclui socialmente, segrega espacialmente e concentra renda.

CRONOGRAMA
O curso contará com 4 encontros de 2h30 às quartas-feiras, com início em 06/11 e término em 04/12.

PAUTA
Aula 1 (06/11): São Paulo e sua relação com os meios de transportes das origens até Prestes Maia nos anos 1930.
Aula 2 (13/11): Do Plano de Avenidas à inauguração da indústria automobilística.
Aula 3 (27/11): A adaptação de São Paulo ao rodoviarismo e a extinção dos bondes.
Aula 4 (4/12): A construção do Minhocão, a resistência paulistana ao VLT (o bonde repaginado) e o Parque Minhocão.

ORIENTADOR
MARCO LAGONEGRO
Marco Aurélio Lagonegro é paulistano, tem 60 anos, formou-se em A&U pela FAU-USP (1997) e doutorou-se na mesma instituição (2004). Antes de cursar A&U, lecionou matérias de ciências exatas e humanas no ensino público e particular de 1º. e 2º. graus. Formado, lecionou História da Arte na Universidade de Santo Amaro (UNISA), e Teoria da Arquitetura e História do Urbanismo no Centro Universitário Belas Artes.
Traduziu para o português do original latino “Carta sobre os Magnetos” de Pierre de Maricourt a pedido do prof. dr. Júlio Roberto Katinsky (2001). Traduziu para o português do original latino “Os Dez Livros de Arquitetura” de Marco Vitrúvio Polião, publicado pela HUCITEC (1999), para o português do original inglês “Cidades-jardim de Amanhã” de Ebenezer Howard, publicado pela HUCITEC (1994), e para o português do original latino “Investigações Gerais sobre Superfícies Curvas” de Carl Friedrich Gauss a pedido do prof. dr. Odilon Otávio Luciano (IME-USP) (1983).
Produziu o relatório de Iniciação Científica com patrocínio FAPESP sob orientação da profa. dra. Maria Irene Szmrecsányi “A Ideologia Rodoviarista de Washington Luiz como Precursora de Modelos Urbanos” (1993) e participou da equipe de pesquisa para a produção do livro “Theodoro Sampaio nos Sertões e nas Cidades”, de autoria do prof. dr. Ademir Pereira dos Santos publicado pela Editora Versal/Odebrecht (2010)
Atualmente prepara para breve publicação trabalhos acadêmicos desenvolvidos a partir da IC e do doutorado, que tratam da “questão metropolitana” (os antecedentes do metrô paulistano), dos grupos oligárquicos paulistas e suas divergências quanto ao desenvolvimento sócio-econômico brasileiro, e do rodoviarismo.

INFORMAÇÕES
Período: 06/11 à 04/12 – quartas-feiras (das 19h às 21h30)
4 encontros
Local: Sede do IABsp, Rua Bento Freitas, 306 – Mezanino
Custo: Sócio ou Amigo IABsp R$ 160,00
Não Sócio IABsp R$ 230,00

Associe-se ao IABsp!

Formas de pagamento: cartão de crédito (até 10x), débito online ou boleto bancário pelo site. Garanta sua vaga!

Obs. A realização do curso se dará somente mediante a inscrição mínima de 20 inscritos.

Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento de São Paulo
Fone: (11) 3259-6866
E-mail: cursos@iabsp.org.br