IAB/DN UIA
login: senha:    
Por que se filiar ao IAB?
Estatuto
Diretoria
Núcleos
  Departamentos
  Representantes
História
  Diretorias Anteriores
Depoimentos
 
Parceiros
Concursos
Cursos
  Licitações
  Manual de Contratação
Notícias
Clipping
Eventos
Opinião e Debate
Agenda
O que é arquitetura
O que é arquiteto
  O que ele faz
  Por que contratar
  Como contratar
O projeto
Busca de arquitetos

Home

Opinião e debate

 


CLIPPING IABs

07 DE OUTUBRO DE 2012

1
Jornal  EL PAÍS

1.1
DESPEDIDA A NIEMEYER COM HONORES DE ESTADO
Despedida a Niemeyer com honores de Estado
El País, 7 diciembre 2012  capa, páginas 29-31

1.2
BRASIL LLORA A SU GRAN SOÑADOR
El país rinde honores de Estado a Oscar Niemeyer, fallecido a los 104 años
Francho Baron
El País, 7 diciembre 2012  p29

1.3
CONSTRUCCIONES ÍNTIMAS QUE FLOTAM
Norman Foster
El País, 7 diciembre 2012  p30

1.4
ÉTICA Y POLÍTICA DE LA ARQUITECTURA
Oriol Bohigas
El País, 7 diciembre 2012  p30

1.5
CONSTRUCTOR DE UM MUNDO PASADO
William J. R. Curtis
El País, 7 diciembre 2012  p31

1.6
UM DIA COM EL MAESTRO
Borja Hermoso
El País, 7 diciembre 2012  p31

2
jornal  O GLOBO
 
2.1
O ADEUS NO PALÁCIO QUE SAIU DE SUA IMAGINAÇÃO
O Globo, 7 dezembro 2012  capa, p11, p25-33

2.2
FGV / NIEMEYER - LINHA DO TEMPO
O Globo, 7 dezembro 2012  p11

2.3
O ADEUS AO ARQUITETO DO BRASIL / DOS LEITORES
Cartas de 14 leitores
O Globo, 7 dezembro 2012  p21, p25, p

2.4
O REENCONTRO DO CRIADOR COM SUA OBRA
Emoção marca velório de Oscar Niemeyer no Salão Nobre do Palácio do Planalto,
em Brasília, um dos muitos prédios projetados pelo arquiteto na capital do país
O Globo, 7 dezembro 2012  p25

2.5
O ADEUS DAS MUITAS MÃOS QUE AJUDARAM A FAZER BRASÍLIA
Operários que trabalharam na construção da nova capital do país alugam até van para ir,
de paletó, ao velório do arquiteto
Guilherme Amado
O Globo, 7 dezembro 2012  p26

2.6
PELO MUNDO, AS HOMENAGENS AO GÊNIO
Arquiteto é lembrado por autoridades e pela imprensa
O Globo, 7 dezembro 2012  p26

2.7
NA ESPANHA, TRIBUTO EM MEIO A POLÊMICA
Priscila Guilayn
O Globo, 7 dezembro 2012  p26

2.8
NA INTIMIDADE, UM HOMEM AMOROSO, AFÁVEL E CURIOSO
Chamado de ‘dindo’ pelos netos, Niemeyer promovia saraus e debates semanais
Mauro Ventura
O Globo, 7 dezembro 2012  p27

2.9
O TRAÇO QUE O MUNDO PASSOU A SEGUIR
Domenico De Masi
O Globo, 7 dezembro 2012  p27

2.10
NO HOSPITAL, ARQUITETO COMPÔS UM SAMBA
Renata Leite
O Globo, 7 dezembro 2012  p27

2.11
SUSSEKIND LEMBRA RAPIDEZ ‘ASSOMBROSA’ DO COLEGA
Engenheiro calculista diz que arquiteto iluminou todo mundo ao seu redor
Mauro Ventura
O Globo, 7 dezembro 2012  p28

2.12
EM CADA OBRA, UMA ESCULTURA
Leonel Kaz
O Globo, 7 dezembro 2012  p28

2.13
FILHA DE JK TEM UM PROJETO NA GAVETA
Cristina Tardáguila
O Globo, 7 dezembro 2012  p28

2.14
FILHA DE LÚCIO COSTA LEMBRA ‘A MISTURA PERFEITA’
Roberto Kaz
O Globo, 7 dezembro 2012  p28

2.15
O ARQUITETO QUE MUDOU A HISTÓRIA
Sérgio Magalhães (presidente do IAB)
O Globo, 7 dezembro 2012  p29

2.16
SEGREDOS DA ARQUITETURA QUE SE VÃO COM O MESTRE
Pesquisadores e alunos discutem o papel de Niemeyer no ensino do ofício
Flávio Tarak
O Globo, 7 dezembro 2012  p29

2.17
PAÍS VIVE MOMENTO FAVORÁVEL PARA TALENTOS
Economia instável dificultou novos projetos. Papel de Niemeyer é tido como único
Ruben Berta e Márcia Abos
O Globo, 7 dezembro 2012  p29

2.18
OBRAS DO MESTRE EMPRESTAM BELEZA A UMA VIDA AO RELENTO
Célia Costa
O Globo, 7 dezembro 2012  p30

2.19
CREA-RJ / OSCAR NIEMEYER UMA HOMENAGEM À VIDA
O Globo, 7 dezembro 2012  p30

2.20
DE NOVA YORK À PENHA, UMA GRIFE PARA TODOS OS BOLSOS
Arquiteto também se debruçou em projetos dedicados aos pobres
O Globo, 7 dezembro 2012  p31

2.21
ARQUITETO VAI GANHAR ESTÁTUA NO PORTO MARAVILHA
Mas prefeito ainda não sabe onde escultura será construída
O Globo, 7 dezembro 2012  p31

2.22
NIEMEYER ETERNO
Ancelmo Góis
O Globo, 7 dezembro 2012  p32

2.23
CAMINHO NIEMEYER, ÍCONE DE NITERÓI, SERÁ CONCLUÍDO
Prefeito eleito promete executar todo o projeto para a orla
Célia Costa
O Globo, 7 dezembro 2012  p33

3
jornal  EXTRA (O GLOBO)

3.1
A DESPEDIDA DO CRIADOR EM SUA OBRA
Extra (O Globo), 7 dezembro 2012  capa, p2-4

3.2
CHARGE / RESTAURE-SE A FÉ NA MORTALIDADE
Leonardo
Extra (O Globo), 7 dezembro 2012  p2

3.3
‘ELE CRIAVA PARA A GENTE, CRIAVA PARA O POVO’
Guilherme Amado
Extra (O Globo), 7 dezembro 2012  p3

3.4
ESTÁTUA PARA NIEMEYER
Paes pretende homenagear o carioca com monumento erguido na Zona Portuária
Extra (O Globo), 7 dezembro 2012  p4

3.5
O PEDREIRO E O ARQUITETO
Waleska Borges
Extra (O Globo), 7 dezembro 2012  p4

4
Jornal CORREIO POPULAR – Campinas

4.1
LEGADO DE NIEMEYER ENCANTA OS MORADORES
Correio Popular, Campinas, 7 dezembro 2012  capa, pA2, pA6, pA12

4.2
CHARGE
Dalcio
Correio Popular, Campinas, 7 dezembro 2012  pA2

4.3
A FRASE / HOMENAGEM A NIEMEYER
Correio Popular, Campinas, 7 dezembro 2012  pA6

4.4
O ADEUS A NIEMEYER / OBRA DE ARTE EM CAMPINAS
Edifício Itatiaia / Projetado na década de 50, com 15 andares e 60 apartamentos, prédio é reverenciado por moradores
Inaê Miranda
Correio Popular, Campinas, 7 dezembro 2012  pA12
 
5
Jornal O ESTADO DE SÃO PAULO

5.1
PAÍS SE DESPEDE DE NIEMEYER
O Estado de SP, 7 dezembro 2012  capa e pD2, pD10, pH1-H4

5.2
DIRETO DA FONTE
Sonia Racy
Ácido acetilsalicílico 1, 2, 3
O Estado SP, 7 dezembro 2012  pD2

5.3
NIEMEYER E O SOPRO DE SUA CRIAÇÃO GENIAL / FILMES NA TV
Luis Carlos Merten
O Estado SP, 7 dezembro 2012  pD10

5.4
BRASÍLIA SE DESPEDE DE SEU CRIADOR
Corpo do arquiteto Oscar Niemeyer, que morreu anteontem aos 104 anos, é levado para a cidade que projetou e lhe deu fama mundial, onde foi velado por 3,8 mil pessoas; enterro será hoje, no Rio
O Estado SP, 7 dezembro 2012  pH1

5.5
O ÚLTIMO ADEUS NO PALÁCIO DO PLANALTO
Entre as coroas de flores recebidas estavam as de Lula e a de Fidel Castro
Rafael Moraes Moura e Tânia Monteiro
O Estado SP, 7 dezembro 2012  pH2

5.6
FAMÍLIA SE DESPEDE EM CERIMÔNIA NA CAPELA DO HOSPITAL
Ao meio-dia, o corpo deixou o local e seguiu para Brasília, onde foi velado
Antonio Pita
O Estado SP, 7 dezembro 2012  pH2

5.7
FRANÇA REVERENCIA OBRAS DO ARTISTA
Gilles Lapouge
O Estado SP, 7 dezembro 2012  pH2

5.8
ATEU E COM MÊDO DE AVIÃO, VOOU E RECEBEU ORAÇÃO
Márcia Vieira
O Estado SP, 7 dezembro 2012  pH2

5.9
REPERCUSSÕES
Chico Buarque, Santiago Calatrava, Sérgio Rodrigues, Ítalo Campofiorito, Zaha Hadid
O Estado SP, 7 dezembro 2012  pH2

5.10
REPERCUSSÕES
Norman Foster, Jean Nouvel, Álvaro Siza Vieira, Javier Blanco, Natalia Grueso
O Estado SP, 7 dezembro 2012  pH3

5.11
EMOÇÃO ATINGE ATÉ OS CADETES DOS BOMBEIROS
Um dos jovens que acompanharam o corpo, contou ao ‘Estado’ que sentia medo de chorar
Débora Bergamasco
O Estado SP, 7 dezembro 2012  pH3

5.12
NIEMEYER É VISTO COMO O DERRADEIRO MESTRE DO SÉCULO 20
Autoridades e imprensa européia lamentaram morte do grande artista
Jamil Chade
O EstadoSP, 7 dezembro 2012  pH3

5.13
JORNAIS DOS EUA DÃO DESTAQUE ÁS OBRAS
Extensos obituários valorizam legado do brasiliero
Gustavo Chacra
O Estado SP, 7 dezembro 2012  pH3

5.14
O MUNDO NÃO FOI SUFICIENTE
Obra internacional do arquiteto é ampla, complexa e influente, com destaque para a Universidade de Constantine, na Argélia, e a sede da Mondadori, em Milão
Jotabê Medeiros
O Estado SP, 7 dezembro 2012  pH4

6
Jornal FOLHA DE SÃO PAULO

6.1
OSCAR NIEMEYER
Família busca apoio para erguer dois projetos que estão no papel
‘Niemeyer fazia mágica’, diz o arquiteto inglês Norman Foster
Um dos maiores símbolos, Copan perde pastilhas de sua fachada
Folha SP, 7 dezembro 2012  capa

6.2
CHARGE
Jean Galvão
Folha SP, 7 dezembro 2012  pA2

6.3
OSCAR NIEMEYER
Editorial
Folha SP, 7 dezembro 2012  pA2

6.4
CURVAS DO TEMPO
Marina Silva
Folha SP, 7 dezembro 2012  pA2

6.5
LEGADO
Folha SP, 7 dezembro 2012  pC1

6.6
IDEOLOGIA DE NIEMEYER FOI MERO DETALHE
Glorificar a pobreza é coisa nossa, vide Sebastião Salgado e Portinari.
Deixemos Niemeyer com sua utopia
Bárbara Gancia
Folha SP, 7 dezembro 2012  pC2

6.7
PROJETO DE NIEMEYER, COPAN TENTA REFORMAR SUA FACHADA
Administração do prédio aguarda tombamento para obter patrocínio
Primeira etapa da obra, a retirada das pastilhas das paredes externas, será bancada pelo próprio
Condomínio
Evandro Spinelli
Folha SP, 7 dezembro 2012  pC6

6.8
OSCAR NIEMEYER  /  PAINEL DO LEITOR
Cartas de 4 leitores
Folha SP, 7 dezembro 2012  pA3

6.9
PAINEL / TIROTEIO
Folha SP, 7 dezembro 2012  pA4

6.10
‘ELE FOI UM MÁGICO DO TRAÇO’ DIZ BRITÂNICO NORMAN FOSTER
Arquiteto fez tour pelo Brasil em 2011 para ver de perto obras de Niemeyer
Autor da cúpula do edifício do Parlamento alemão e do City Hall, londrino diz que brasileiro o influenciou
Bernardo Mello Franco
Folha SP, 7 dezembro 2012  pA15

6.11
REPERCUSSÃO
Zaha Hadid, Rem Koolhaas, Tomie Ohtake, Leda Catunda, Carlos Bratke, Renato Anelli,
Ruy Ohtake, Antonio Grassi
Folha SP, 7 dezembro 2012  pA15

6.12
REPERCUSSÃO
Ban Ki-Moon, François Hollande, Richard Rogers, Lord Peter Palumbo, Jean Nouvel, Álvaro Siza,
Chico Buarque, Renzo Piano, Teixeira Coelho
Folha SP, 7 dezembro 2012  pA14

6.13
VELÓRIO DE OSCAR NIEMEYER REÚNE POLÍTICOS E PROVOCA FILA EM BRASÍLIA
Cerca de 4.500 pessoas foram ao Palácio do Planalto ver o corpo do arquiteto-símbolo da cidade
Cortejo percorreu os principais pontos da capital
Folha SP, 7 dezembro 2012  pA14

6.14
PROJETOS NO PAPEL INCLUEM CENTRO DEMÚSICA E MESQUITA
Folha SP, 7 dezembro 2012  pA14

6.15
MEMORIAIS / OBRIGADO PELO LAR
Mônica Bérgamo
Folha SP, 7 dezembro 2012  pE2

6.16
UEBA! NIEMEYER FOI ABDUZIDO!
José Simão
Folha SP, 7 dezembro 2012  pE13

7
Jornal VALOR

7.1
LUTO POR NIEMEYER
Valor, 7 dezembro 2012  pA4

8
Jornal BRASIL ECONÔMICO

8.1
O BRASIL SE DESPEDE DO POETA DO CONCRETO E DA ARQUITETURA
Brasil Econômico, 7 dezembro 2012  p1

8.2
O ARQUITETO QUE DEU VIDA AO SONHO IMPOSSÍVEL DE BRASÍLIA
No cerrado virgem e empoeirado do Planalto Central, Oscar Niemeyer imaginou os palácios da nova capital
Octávio Costa
Brasil Econômico, 7 dezembro 2012  p10-11

8.3
“VOCÊ É COMUNISTA PORQUE É POETA. VOCÊ É MEU MICHELANGELO”, DIZIA JK
Em 1966, Niemeyer encerrou uma entrevista à primeira pergunta: ele não admitia críticas à sua
obra-prima
Octávio Costa
Brasil Econômico, 7 dezembro 2012  p12

8.4
NIEMEYER ESTAVA COM VÁRIOS PROJETOS AINDA EM ANDAMENTO
Equipe de 20 pessoas trabalha no desenvolvimento de trabalhos pelo Brasil e o mundo
Raphael Gomida
Brasil Econômico, 7 dezembro 2012  p13

8.5
FGV / HOMENAGEM
Brasil Econômico 7 dezembro 2012  p25

9
jornal DIÁRIO DE S.PAULO

9.1
OBRAS DE NIEMEYER SOFREM
Diário SP, 7 dezembro 2012  p1

9.2
S.O.S. NIEMEYER
Copan, Memorial da América Latina, Sambódromo Anhembi, Ibirapuera
Diário SP, 7 dezembro 2012  p2-3

9.3
BRASÍLIA SE DESPEDE DE ARQUITETO
Diário SP, 7 dezembro 2012  p4

9.4
CHARGE
Pelicano
Diário SP, 7 dezembro 2012  p8

9.5
QUAL OBRA DE OSCAR NIEMEYER VOCÊ CONSIDERA MAIS IMPORTANTE ?
Diário SP, 7 dezembro 2012  p9

9.6
SUA OPINIÃO
Carta de 1 leitor
Diário SP, 7 dezembro 2012  p9

9.7
OSCAR NIEMEYER / VOZES
Diário SP, 7 dezembro 2012  p52

10
jornal AGORA

10.1
NIEMEYER FEZ SAMBA NO HOSPITAL
Agora, 7 dezembro 2012  pA1

10.2
CHARGE
Cláudio
Agora, 7 dezembro 2012  pA1

10.3
BRASÍLIA SE DESPEDE DO SEU CRIADOR OSCAR NIEMEYER
Agora, 7 dezembro 2012  pA16

10.4
JORGE ARAGÃO GRAVOU SAMBA DO ARQUITETO
Agora, 7 dezembro 2012  pA16

 

06 DE OUTUBRO DE 2012

OSCAR NIEMEYER (15/12/1907 – 05/12/2012)

1
OSCAR NIEMEYER
Folha SP, 6 dezembro 2012  capa e caderno especial, 10 páginas

2
OSCAR NIEMEYER
O Estado de SP, 6 dezembro 2012  capa e caderno especial, 8 páginas

3
OSCAR NIEMEYER
Heloisa Magalhães
Valor, 6 dezembro 2012  capa e página A14

4
OSCAR, GÊNIO DA ARQUITETURA
Carol Rocha
Diário SP, 6 dezembro 2012  capa e páginas 22 e 23

5
OSCAR NIEMEYER
O Globo, 6 dezembro 2012  capa e caderno especial, 8 páginas

6
FIM  OSCAR NIEMEYER
Extra O Globo, 6 dezembro 2012  capa e páginas 3ª e 3b

15 DE OUTUBRO DE 2012

01 - DESIGN NA NOITE DE SÃO PAULO
Lílian Cunha
O Estado SP, 15 outubro 2012  pN5

Reforma no túnel de entrada da DISCO no bairro de Itaim-Bibi. Reaberto há 15 dias, após reforma de 3 meses. O projeto arquitetônico é do Estúdio Guto Requena e Maurício Arruda Arquitetura.

02 - “NÃO ME APEGO À OBRA. ESTOU AQUI  DE PASSAGEM”
Sonia Racy
O Estado de SP, 15 outubro 2012  pD2

Isay Weinfeld fala sobre sua relação com a arquitetura, medo de ficar surdo, música, cinema e Neymar. (entrevista ocupa página inteira do jornal).

03 - BRASÍLIA / PLANO ESTRATÉGICO
O Estado SP, 15 outubro 2012  pA2

Carta de James T.C. Wright comentando o contrato que a cidade de Brasília fez com uma empresa de Cingapura, para realizar o planejamento estratégico de longo prazo para Brasília, ignorando as competências dos profissionais brasileiros.

04 - HABITAÇÃO
O Estado SP, 15 outubro 2012  pA2

Carta de Carlos Nelson Horrocks comentando o artigo de Milton Hatoum, publicado na sexta-feira no jornal, sobre a questão habitacional: “um primor o texto Morar, não ilhar e prender”...

05 - FALTA MÃO DE OBRA NO LUXO EM CONSTRUÇÃO
Maria da Paz Trefaut
Valor, 15 outubro 2012  pD6

Entrevista com o arquiteto que já trabalhou para as Lojas Vuitton, Eric Carlson, que traz equipe parisiense para projetos no Brasil; abre filial de seu escritório o Carbondale em SP. (entrevista ocupa a página inteira do jornal).

06 - IMÓVEIS / JURO MENOR PODE SUGERIR ‘FALSA’ BOLHA IMOBILIÁRIA
Fernando Torres
Valor, 15 outubro 2012  pD2

Segundo estudo da FGV, hipótese mais provável é que alta de preços em SP tenha sido causada por fatores ligados a excesso de demanda.

07 - QUASE 700 OBRAS QUE USAM RECURSOS DO FGTS ESTÃO ATRASADAS OU PARALISADAS
Edna Simão
Valor, 15 outubro 2012  pA2

08 - AEROPORTO DO RIO TERÁ HOTEL E CENTRO DE CONVENÇÕES
Daniel Rittner
Valor, 15 outubro 2012  pB4

Infraero pretende abrir licitação no Santos Dumont este mês. Antigos prédios da Varig e da Vasp no Santos Dumont, que serão transformados em complexo turístico: idéia é concluir concorrência até ao fim do ano.

09 - CLUBE TIETÊ LUTA PARA NÃO DEIXAR A CASA CAIR
Silvério Morais
Diário SP, 15 outubro 2012  p2-3

Projeto para salvar a entidade vai ser apresentado em reunião de conciliação no dia 25. Prefeitura já emitiu ordem de despejo.

10 - À MEIA-LUZ
Marília Rocha
Folha SP, 15 outubro 2012  pC6

Em Campinas, iluminação do bairro onde fica o observatório municipal será diminuída para não atrapalhar as pesquisas astronômicas.

27 DE SETEMBRO DE 2012

01 - CASA E IDÉIAS NOVAS  /  MEMÓRIA VOLTADA PARA O MODERNO
João Luiz Sampaio
O Estado SP, 27 setembro 2012  pD1 e pD3

São Paulo. Teatro Cultura Artística. No centenário da Sociedade Cultura Artística, o arquiteto Paulo Bruna finaliza o projeto do novo teatro da entidade, e aposta na integração com a Praça Roosevelt. O teatro é projeto de Rino Levi e Roberto Cerqueira César, inaugurado em março de 1950. O espaço aberto pela demolição da Boate Kilt, levou a alterações no projeto do novo teatro. Paulo Bruna está na 4ª versão do teatro, havendo alterações na estrutura e posição do palco e platéia para 1.200 pessoas.
Foram criados um ‘sub-palco’, onde poderão entrar caminhões e contêineres de cenários e instrumentos; elevados palco e platéia; novo e amplo foyer. A sala de espetáculos que antes era perpendicular à rua, agora será paralela. O palco terá 24 m de profundidade e 28 m de altura.O projeto final deverá estar pronto no começo de 2013. O orçamento inicial está na casa dos R$ 90 milhões, dos quais 30 R$ já foram captados, o necessário para iniciar as obras. Pedro Herz, presidente da Sociedade Cultura Artística diz: “O novo teatro é fundamental. Não apenas porque será capaz de abrigar espetáculos que antes não cabiam no espaço, como óperas, balés e musicais, mas porque vamos fazer dele um verdadeiro centro cultural, que permitirá investimentos maiores na nossa missão educativa, tornando-se uma referência para toda a cidade e dialogando com grupos como os Satyros ou Parlapatões, que desenvolvem um excelente trabalho na Praça Roosevelt.”

02 - CIDADES INTELIGENTES
Valor, 27 setembro 2012  pF1-F4

Suplemento especial do jornal Valor Econômico, 4 páginas. Soluções permanentes, Gilson Schwartz, pF1. Processo pode ser acelerado, citados Carlos Leite (arquiteto e urbanista, autor do livro“Cidades Inteligentes, Cidades Sustentáveis”), e Fabio e Duarte de Araújo (do departamento de pós-graduação em gestão urbana da UFPR), pF1. Curitiba consegue atrair técnicos de todo o mundo, Marli Lima, pF2. Búzios tenta ser referência na área de energia, Daniela Rocha, pF2. Rio já computa resultados com nova operação (da sala de controle do Centro de Operações Rio), Paulo Vasconcellos, pF2.
Aparecida recebe rede eficiente (1ªcidade dotada de rede inteligente de energia,‘smart-grid’), pF2.
Reorganizar os espaços é fundamental, Paulo Vasconcellos, pF3. Falta de pessoal ameaça projeto, Martha Funke, pF3.

03 - DAS PROFISSÕES
Pedro Ivo Tomé
Folha SP, 27 setembro 2012  p16

Arquiteto projeta prédios e planeja bairros e cidades. Designer de interiores equilibra cores, acessórios e mobiliários.

04 - IPHAN TEM NOVA PRESIDENTE NOMEADA
 O Estado SP, 27 setembro 2012  pD12
 ARQUITETA MINEIRA VAI ASSUMIR IPHAN
 Folha SP, 27 setembro 2012  pE4

 Ministério da Cultura. IPHAN. Martha Suplicy anunciou ontem, a nomeação da arquiteta Jurema de Souza
 Machado para a presidência do IPHAN. Ela substitui o arquiteto Luiz Fernando de Almeida, que presidia
o IPHAN desde 2006. A prioridade de Jurema será conduzir o “PAC” das cidades históricas.

05 - MARTA ANUNCIA NOVO ACORDO COM BIENAL
Matheus Magenta
Folha SP, 27 setembro 2012  pE4
MINISTRA PROMETE SOLUÇÃO RÁPIDA
Camila Molina
O Estado SP, 27 setembro 2012  pD12

Fundação Bienal de SP. Em visita à mostra, ministra fez seu primeiro ato político ao declarar que a fundação deve voltar a captar recursos. A Fundação Bienal tem pendências de cerca de R$ 33 milhões com o Minc referentes a gestões ocorridas de 1999 a 2007.

06 - GOVERNO NEGOCIA REGRAS PARA INSTALAR ANTENAS
Valor, 27 setembro 2012  pB2

Senado. O ministro das Comunicações Paulo Bernardo, disse que negocia com o Senado uma regra para a implantação de antenas no país, já que existem mais de 200 normas municipais diferentes.

07 - VIDRO SUBSTITUI FACHADA NEOCLÁSSICA DA DASLU
Pedro Ivo Tomé
Folha SP, 27 setembro 2012  pC7

São Paulo. Daslu. Demolição do edifício da marginal já começou. O prédio foi vendido para a construtora WTorre, que decidiu demolir a fachada do prédio. A estrutura restante, com 5 pavimentos, será mantida, e
sobre ela serão construídos mais 6 andares contendo salas comerciais. Haverá um teatro com capacidade para 1.200 pessoas. As obras são parte do complexo de rpédios construídos pela WTorre na região.          

08 - BULEVAR NÃO TEM DATA PARA SER CONCLUÍDO
O Estado SP, 27 setembro 2012  pC2

São Paulo. Rua dos Pinheiros. A Associação de Moradores e Empresários de Pinheiros – AMEPI, quer que A Rua dos Pinheiros seja beneficiada pelas reformas de revitalização e acessibilidade feitas pela PMSP na Avenida Faria Lima. Criaram um projeto de bulevar com melhorias como calçadas largas e padronizadas, baias para estacionamento, bancos na frente de lojas, fiação elétrica aterrada e 200 árvores. A PMSP acatou parte das sugestões. Mas até agora, apenas o trecho entre a Faria Lima e a Pedroso de Morais passa por obras, que serão concluídas até o fim do mês que vem, isto é, 350 metros dos 1,7 km de extensão da rua.

09 - SÃO PAULO TERÁ ORELHÃO COM ACESSO Á INTERNET
Helton Simões Gomes
Folha SP, 27 setembrp 2012  pB6

São Paulo. Projeto piloto da Vivo prevê a instalação de 10 centrais multimídia até o fim do ano. Por meio dele é possível realizar videochamadas, enviar SMS, navegar em sites da internet, descobrir quais são os estabelecimentos comerciais ao seu redor e até realizar chamadas telefônicas.

10 - NA PAUTA
Folha SP, 27 setembro 2012  pE2
    
São Paulo. Prédio DOI-CODI.  Alckimin ontem ligou para o advogado José Carlos Dias, que integra a Comissão da Verdade, para conversar sobre o pedido de tombamento do prédio do Doi-Codi, feito pelo advogado.

11 - GOVERNO QUER MAPEAR E IDENTIFICAR LOCAIS DE TORTURA NO PAÍS
Alana Rizzo
O Estado SP, 27 setembro 2012  pA17

A Secretaria de Direitos Humanos quer criar uma política nacional de sítios de memória. A proposta do governo é contribuir para a localização de espaços públicos e privados que foram usados para atos de violação de direitos humanos durante a ditadura militar e identificá-los, assim como a Casa da Morte em Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. O governo já apóia a construção de memoriais, como o que está sendo montado em Belo Horizonte - Memorial da Anistia (parceria do Ministério da Justiça com a UFMG), e em Porto Alegre.

12 - ARTISTA USA DESTROÇOS DE PRISÃO MAIS ANTIGA DO RIO
Cadão Volpato
Valor, 27 setembro 2012  pD4

São Paulo. Exposição. A demolição do Complexo Presidiário da Frei Caneca, o presídio mais antigo do Rio, foi o ponto de partida para “Liberdade” (Suzy Muniz edições, 152 páginas, R$ 50), um projeto do artista Carlos Vergara, com textos de Silviano Santiago e ensaio de Moacir dos Anjos. Vergara usou como matéria-prima os destroços do antigo prédio, cuja demolição dos 8 pavimentos ocorreu por etapas de 2003 à 2010. O resultado é um documento fotográfico impressionante. Em exposição até o dia 14 outubro no Memorial da Resistência aqui em São Paulo, onde funcionou o Dops até 1983.

13 - CENTRO CULTURAL E HISTÓRICO PASSA POR RESTAURAÇÃO
Diário SP, 27 setembro 2012  p15

Itapetininga. As obras de restauração do Centro Cultural e Histórico Basílio Ayres Aguirre, foram iniciadas neste mês. O Objetivo é preservar o local como um todo. Está sendo feito por uma empresa de engenharia e restauradores do Senai. O valor previsto da obra está orçado em R$ 309.923,99.

14 - GOVERNO TENTA PARCEIRO PARA ITAQUERÃO
Paulo Fávero e Vítor Marques
O Estado SP, 27 setembro 2012  pE3
TELÃO GANHA IMAGEM DO TÍTULO CONTINENTAL
Diário SP, 27 setembro 2012  p 11
FIELZÃO  /  MEIO CAMINHO ANDADO
Lucas Bettine
Diário SP, 27 setembro 2012  p8-9

São Paulo. Estádio Itaquerão. Pressionado, Estado negocia com empresas privadas para construção das arquibancadas móveis sem dinheiro público. Foram divulgadas novas projeções do telão gigante de 170m x 20m, que ficará na parte externa do estádio, reproduzindo o que se passará dentro dele. O estádio terá nível de iluminação de 5 mil lux, maior do que a Allianz Arena. Após 1 ano e 4 meses, Fielzão está 50% pronto.
Operários recebem regalias para obra não parar um minuto.

15 - RUSSOMANO PROMETE MUDAR CIDADE LIMPA E COLHE ELOGIOS DE LOJISTAS
Raphael Di Cunto
Valor, 27 setembro 2012  pA6
EM REUNIÃO FECHADA, RUSSOMANO SUGERE FLEXIBILIZAR CIDADE LIMPA
Diógenes Campanha e Eduardo Geraque
Folha SP, 27 setembro 2012  pA10

São Paulo. Shoppings. Em evento com grandes lojistas, candidato do PRB também falou em reduzir IPTU de shoppings. Líder na disputa, que não divulgou encontro, culpou prefeito Kassab por irregularidades em centros de compras. Desde a primeira fiscalização, os shoppings receberam mais de R$ 12 milhões em multas da administração.

16 - SERRA DIZ QUE ‘MINHA CASA, MINHA VIDA’ É PURA ENGANAÇÃO.
Fernando Granato
Diário SP, 27 setembro 2012  p14

São Paulo. O candidato do PSDB á prefeitura de SP, José Serra, aproveitou ontem um encontro com uma associação de trabalhadores sem-terra para criticar a maior bandeira do PT na área habitacional, o programa “Minha Casa, Minha Vida’. “O ‘Minha Casa, Minha Vida’ é a maior enganação”, afirmou. “Eles não fazem nem 20% do que prometem.”

17 - OBRAS DESTROEM PARTE DO CASTELINHO DA BRESSER
Mari Cavalcante
Diário SP, 27 setembro 2012  p4

São Paulo. Brás. Rua Bresser. A antiga fábrica de tecidos de seda’ da rua Bresser, conhecida como Castelinho do Bresser, teve parte da sua estrutura destruída por uma reforma. O prédio, que fica na esquina com a rua 21 de Abril, está com as obras paradas há 5 meses por determinação da PMSP. Foi construído em 1925, pelo tecelão italiano Giovani Beccaria; área construída de 1.284 m2 em terreno de 736 m2. 3 boas fotografias.

18 - PREFEITURA CUMPRE 77% DA META DE CALÇADAS
Fernando Granato
Diário SP, 27 setembro 2012  p2-3
O MAU EXEMPLO DAS CALÇADAS
Diário SP, 27 setembro 2012  p8

São Paulo. Reportagem e editorial do jornal sobre as calçadas da cidade. Administração municipal cobra a manutenção dos proprietários, mas ela própria não concluiu promessa de reformar 600 mil m2 de passeios.

19 - BAIRRO QUE É ‘PULMÃO’ DE SOROCABA ESTÁ REVOLTADO
Fernando Ikeda
Diário SP, 27 setembro 2012  p13

Sorocaba. Jardim Bandeirante, que tem até lei em defesa do meio ambiente, lamenta 14 árvores derrubadas.
O caso está sendo levado para a Promotoria de Defesa do Meio Ambiente.

20 - TERMINAL DE ÓNIBUS INAUGURADO SEM BICICLETÁRIO NEM GUICHÊS
Mari Cavalcante
Diário SP, 27 setembro 2012  p4

Guarulhos. Com 5 plataformas, o novo terminal conta com 30 linhas municipais e intermunicipais que ligam Guarulhos a São Paulo. Beneficia 35 mil passageiros diáriamente. O bicicletário para 130 vagas e o guichê
para carga e recarga do bilhete único e do BOM (Bilhte de Ônibus Metropolitano) fora do terminal também não estava operando. Investimento de R$ 6,6 milhões.

21 - FALTA DE INFORMAÇÃO DA ROSSI GERA TEMOR
Luciana Bruno e Fernando Torres
Valor, 27 setembro 2012  pB7

São Paulo. O cenário que o mercado traça para a Rossi é o mesmo vivido por concorrentes como PDG, Brookfield e Gafisa. Estouros de orçamento e distratos levam a ajustes no balanço que, na seqüência, acabam criando necessidade de se levantar novos recursos, como a própria Rossi já indicou que pretende fazer, com um aumento de capital de R$ 500 milhões.

22 - FOGO DESTRÓI ESCOLA PÚBLICA
Folha SP, 27 setembro 2012  pC5
INCÊNDIO DESTROI ESCOLA E SUSPENDE AULAS
Diário SP, 27 setembro 2012  p10

Guarulhos. Bairro Bonsucesso. Escola Estadual Inocoop II, localizada na esquina das ruas Elias Dabarian e Dilermando Reis, foi completamente destruída após um incêndio na madrugada de ontem. A escola estava em funcionamento há 10 anos e atendia a cerca de 1,6 mil alunos dos ensinos fundamental e médio.

23 - MEIO AMBIENTE E AGRICULTURA NO NOVO CÓDIGO FLORESTAL
Antonio de Azevedo Sodré
Valor, 27 setembro 2012  pA14

Congresso Nacional. Qual a razão das divergências surgidas nas discussões no Congresso Nacional?

24 - CÓDIGO FLORESTAL PODE TER NOVO ROUND NA JUSTIÇA
Erich Decat
Folha SP, 27 setembro 2012  pA15

Congresso Nacional. Ruralistas afirmam que lacunas e trechos muito abrangentes prejudicam produtores.
Após o confronto no Congresso entre governo federal e bancada ruralista para aprovar a medida provisória que complementa a Código Florestal, a questão pode ter um novo round – desta vez na justiça. Na avaliação do governo, as alterações aprovadas pelos congressistas flexibilizaram muitas as regras de proteção ambiental. A mudança mais importante foi no sistema de recuperação de matas destruídas em beiras de rios.

25 - JUSTIFICATIVAS PARA NÃO VETAR
O Estado SP, 27 setembro 2012  p A3

Congresso Nacional. Código Florestal. Editorial. Melhor será para o país, que Dilma sancione o texto integral, ou com vetos que não exijam a edição de novas MPs ou a apreciação de novos projetos de lei, e o faça com presteza, relativo aos mais de 30 alterações introduzidas pela Câmara e aprovadas integralmente pelo Senado, no texto original da Medida Provisória (MP) nº 571. O que já foi aprovado estabelece o quadro institucional adequado para assegurar a produção agrícola e a preservação ambiental.

23 DE SETEMBRO DE 2012

01 - DNA PAULISTANO 2012  /  REGIÃO OESTE
Folha SP, 23 setembro 2012

São Paulo. Suplemento Especial com 12 páginas. Região mais rica da cidade reclama de problemas típicos da periferia. Bairros: alto de pinheiros, barra funda, butantã, itaim-bibi, jaraguá, jaguaré, jardim paulista, lapa, morumbi, perdizes, pinheiros, raposo tavares, rio pequeno, vila leopoldina, vila sônia. Mapas, tabelas, fotografias e desenhos de Lydia Megumi e Juliana Russo.

02 - CLASSIFICADOS DA FOLHA TÊM ESTRÉIAS E NOVO VISUAL
Folha SP, 23 setembro 2012  pA13

Os cadernos classificados da Folha passaram por uma reformulação gráfica e editorial e estréiam hoje com novidades. “Imóveis”, “Veículos” e “Negócios” ganham visual mais limpo e atualizado, novas secções, um time de colunistas e sites redesenhados. Em “imóveis”, o caderno ganha o reforço de 2 colunistas, que se alternarão a cada semana: o arquiteto Guto Requena, que abordará a relação entre o design e os modos de morar, enquanto o advogado Marcio Rachkorsky discutirá o dia a dia e os problemas de quem vive em condomínios.

03 - A CASA DO FUTURO
Ciberarquiteto / Guto Requena
Folha SP, 23 setembro 2012 caderno imóveis  p2

“Observar as transformações que acontecem dentro de casa pode ser um bom exercício para entender em que direção estamos indo em relação à arquitetura, ao design e à tecnologia... O futuro será mais aconchegante do que imaginávamos.”

04 - VISITE O DECORADO
Daniel Vasques e Julia Benvenuto
Folha SP, 23 setembro 2012 caderno imóveis  p1-2

Imóveis. Não é o que parece. Veja problemas que modelo decorado pode esconder. Mas não descuide do memorial que descreve as características do imóvel. Gato por lebre. Apartamentos decorados seduzem comprador, mas podem provocar enganos.

05 - ETIQUETA ‘INVISÍVEL’ FOI GOLPE BAIXO
Marcelo Leite
Folha SP, 23 setembro 2012 caderno imóveis  p2

“O apartamento de 161 m2 na Vila Romana satisfazia todos os desejos da família. Decidimos comprar, não sem antes visitar 2 vezes a unidade decorada. Na 1ª versão, o enorme terraço estava fechado com vidros e guarnecido com sofás e poltronas. Na segunda, só metade dele aparecia como sala, com um painel divisório móvel de vidro, em “L”. Pedimos uma cópia da planta com aquela versão. Chamados a confirmar a opção de planta, enviamos cópia da preferida. Fomos informados, então, de que a divisória em “L” não seria fornecida, só os caixilhos de alumínio da 1ª versão do decorado. Após insistir, veio a prova da má-fé da construtora, uma fotografia. Mostrava a unidade decorada na 2ª versão com uma pequena etiqueta colada nos vidros, a 5 cm do chão.  Na ampliação da imagem, dava enfim para decifrar o adesivo: “Este material não está especificado no memorial descritivo do empreendimento, portanto não será entregue”. É claro que nenhum corretor mostrava a etiqueta na visita, mesmo porque o otário comprador teria de ficar de quatro para conseguir ler.”

06 - REFORMAS EM APARTAMENTOS PREOCUPAM
Diário SP, 23 setembro 2012  p8

O Secovi-SP recomenda ao síndico que, a qualquer sinal de obra estrutural, solicite ao morador uma declaração assinada pelo engenheiro ou responsável técnico garantindo que a obra não afetará a estrutura e instalações hidráulicas e elétricas do prédio.

07 - NOSSA OPINIÃO  /  VIADUTOS E PONTES SOB AMEAÇA
Diário SP, 23 setembro 2012  p8

São Paulo. “Dezenas de favelas já estavam instaladas nas imediações e debaixo de viadutos e pontes, na cidade de São Paulo...Portanto, não se entende que só agora, na antevéspera do final de seu mandato, próximo às eleições, os atuais administradores estejam falando em remover as favelas existentes nesses locais. Fique claro, desde logo, que é boa a iniciativa.”

08  - VILA ANDRADE É A CAMPEÃ EM LANÇAMENTOS NA CAPITAL
Ana Magalhães
Diário SP, 23 setembro 2012  caderno imóveis  p6

Jornal Diário de S.Paulo. O caderno “Imóveis” estréia hoje a série Raio-X Imobiliário, que, durante 20 domingos, trará um retrato dos distritos paulistanos que mais receberam lançamentos nos últimos anos.

09 - TERRAÇO ITÁLIA, 45
Fernanda Pereira Marques
Folha SP, 23 setembro 2012  pC4

São Paulo. Edifício Itália. Cartão Postal do centro de São Paulo, restaurante que já recebeu famosos gringos e nativos comemora aniversário como reduto casamenteiro. 1960 - começa a construção; 1965 - inaugurado como o edifício mais alto da cidade; 1967 - inaugurado o Terraço Itália, idealizado pelo italiano Evaristo Comolatti. 1997 - o restaurante passa por uma reforma completa, por etapas, sem fechar. O edifício de 165 metros de altura, tem 42 andares, 4 mil janelas, 19 elevadores e 1 teatro no sub-solo.

10 - TEATRO PAIOL REABRIRÁ COM ‘ARES VERDES’ NO CENTRO
Talita Bedinelli
Folha SP, 23 setembro 2012  pC5

São Paulo. Teatro Paiol. Avenida Amaral Gurgel nª 64. Inaugurado em setembro de 1971, pelo casal Perry Salles e Miriam Mehler. Projeto do arquiteto Rodrigo Lefévre. Na década de 1990 exibia filmes pornográficos, e nos anos 2000 o local caiu no abandono, vítima da degradação do centro. Em 2012 quase virou estacionamento. O ator Marcelo Mendes então decidiu alugar o espaço e formar uma força-tarefa para transformá-lo no primeiro teatro “ecosustentável do país”. Reabertura no próximo dia 6 de outubro.

11 - CASTELINHO DA RUA APA  /  INSPIRADO NA ARQUITETURA FRANCESA
Diego Zanchetta
O Estado SP, 23 setembro 2012  pC2
 
São Paulo. Pequeno histórico do imóvel. Hoje o edifício está sob administração da ONG Clube das Mães do Brasil. Tombado em 2004, teve uma reforma de R$ 5 milhões autorizada em 2011 pela PMSP.

12 - PRÉDIO É DISPUTADO POR CONSEG E COMISSÃO DA VERDADE DE SP
Fernando Granato
Diário SP, 23 setembro 2012  p12

São Paulo. Bela Vista. A comunidade  do bairro da Bela Vista, no centro, está em pé de guerra com os deputados da Comissão da Verdade da Assembléia Legislativa de São Paulo. O alvo da briga é um edifício amarelo e marron, de arquitetura eclética, instalado no nº 1.249 da Avenida Brigadeiro Luiz Antônio. O Conseg quer nele instalar uma companhia da Polícia Militar e a Comissão da Verdade quer instalar o Memorial dos Advogados dos Presos Políticos e contra a censura, além de funcionar como sede das Comissões Nacional e Estadual da Verdade.

13 - MINEIRÃO GANHA NOVA ROUPAGEM E UMA ESPLANADA PARA 65 MIL PESSOAS
Eduardo Asta (infografia e texto), Jonatan Sarmento (ilustração), Almir Leite e Paulo Fávero O Estado SP, 23 setembro 2012  pE4-E5

Belo Horizonte. Estádio passou por uma verdadeira revolução interna e, com 78% de avanço, estará pronto em dezembro deste ano. Ficha técnica da obra, fotografias, mapas e desenhos.

14  - DO LÍBANO PARA SP: 125 ANOS DOS JAFETS
Edison Veiga
O Estado SP, 23 setembro 2012  pC12

São Paulo. Família vai reunir no sábado 600 pessoas em almoço no Clube Monte Líbano para festejar data. A família Jafet foi fundamental na fundação do Clube Sírio, do Clube Atlético Monte Líbano de São Paulo e do Rio de Janeiro, da Liga das Senhoras Ortodoxas, da Igreja Ortodoxa Antioquina do Brasil, da Catedral Metropolitana Ortodoxa, entre outras instituições. Está por trás também das obras de tratamento das águas do Rio Tamanduateí, e da construção de 4 pavilhões do Hospital Leão XIII atual São Camilo. Basílio Jafet legou parte de seu patrimônio à USP. Mas o principal marco é hoje o Hospital Sírio-Libanês, cujo terreno foi comprado em 1923, a pedra fundamental lançada em 1931 e o primeiro edifício inaugurado em 1961. 12 ruas em São Paulo 
homenageiam membros da família.

15 - EM DISCUSSÃO A FAVELA DO MOINHO
A DISPUTA POR UMA MORADIA NO CENTRO DE SÃO PAULO
William Cardoso, Valéria França e Adriana Ferraz
O Estado SP, 23 setembro 2012  pC10

São Paulo. Favela do Moinho. Urbanistas divergem sobre fim da ocupação, que inspira planos municipais e estaduais. Entrevistas com os arquitetos Maria Lúcia Refinetti Martins (FAU-USP) e Candido Malta Campos (FAU-MACK). O viaduto vai ficar interditado por mais 20 dias.

16 - UMA VIAGEM AO PASSADO EM LIVRO DE FOTOGRAFIAS
Edison Veiga
O Estado SP, 23 setembro 2012  pC9

São Paulo. Livro. “Álbum de Retratos – Photographias Brazileiras” mostra como era a vida cotidiana na virada do século 19 até a metade do século 20. Autores: João Emilio Gerodetti e Luciana Garbin. Preço – R$ 164. Onde – Livraria Cultura, avenida Paulista, dia 4 outubro às 19 horas.

17 - ESCRITÓRIO COMPARTILHADO GANHA ADEPTOS
Ana Krepp
Folha SP, 23 setembro 2012  caderno mercado  p4

São Paulo. Micro e pequenos empresários de diversos setores optam pelo “coworking”. Infraestrutura é uma das vantagens; outros pontos positivos são o baixo custo e a possibilidade de conhecer mais clientes e novos fornecedores. A evolução do “coworking” no Brasil de 2008 à presente data. Em São Paulo são 10 destes escritórios. O gasto médio mensal para cada associado é da ordem de R$ 500 contra R$ 2.000 para um espaço próprio.

18 - RIO VAI GANHAR PASSEIO COM VEÍCULO ANFÍBIO
Venceslau Borlina Filho
Folha SP, 23 setembro 2012  pC11

Rio de Janeiro. Meio de transporte para turistas pela baía da Guanabara; Capitania dos Portos ainda deve vistoriá-lo. O anfíbio, veículo que trafega na terra e na água foi construído sobre chassi de ônibus; teste foi feito na Guarapiranga.

19 - DOCUMENTÁRIO RESGATA CURTA VETADO POR CRITICAR BRASÍLIA
Folha SP, 23 setembro 2012  pE5

Brasília. Filme. Em 1967 Joaquim Pedro de Andrade (1932-1988) foi escolhido pela empresa
Italiana Olivetti para filmar uma curta-metragem sobre a cidade de Brasília, então inaugurada há 7 anos. O resultado foi “Contradições de uma Cidade Nova”, visão pouco entusiasmada sobre a Capital Federal. Quando o filme ficou pronto havia mudado a direção da Olivetti e esta quis evitar atritos com o governo militar brasileiro. A história é resgata pelos cineastas Gestsemane Silva e Santiago Dellape que atualizam as críticas no documentário “Plano B”, previsto para 2013. “O filme é uma desculpa para falar sobre a Brasília de hoje”, explica Silva. “Nesses 30 anos de intervalo, criou-se um mito de que a cidade é perfeita – mas ela não é.” Oscar Niemeyer também não apreciou a visão crítica da fita de Joaquim Pedro e rejeitou a fita. Além de contar histórias de bastidores do veto a “Contradições de uma Cidade Nova”, “Plano B” vai atrás de parentes de entrevistados por Andrade e percorre Brasília hoje. “Hoje nem a classe média alta consegue morar no Plano Piloto. Virou uma espécie de Manhattan de Brasília”, compara Silva.

20  - NO DIA MUNDIAL SEM CARRO, PIORA LENTIDÃO NO TRÂNSITO DE SÃO PAULO
Folha SP, 23 setembro 2012  pA15

21 - DIA MUNDIAL SEM CARRO TRANSFORMA PRAÇA EM PRAIA
Mari Cavalcante
Diário SP, 23 setembro 2012  p4

22 - POR QUE OS PAULISTANOS PREFEREM CARRO AO METRÔ ?
Artur Rodrigues e Bruno Ribeiro
O Estado SP, 23 setembro 2012  pC4

23 - PAULISTA TEM CAVALGADA NO DIA SEM CARRO
Juliana Deodoro
O Estado SP, 23 setembro 2012  pC3

24 - VELOCIDADE MÉDIA DO METRÔ É 4 VEZES MAIOR DO QUE A DOS CARROS EM SP
Artur Rodrigues, Bruno Ribeiro e William Cardoso
O Estado de SP, 23 setembro 2012  pC1

25 - OPERAÇÃO URBANA ÁGUA ESPRAIADA GARANTE ELEVADA OFERTA DE IMÓVEIS NO ITAIM-BIBI
Gustavo Coltri
O Estado SP, 23 setembro 2012  caderno imóveis 1 p4

São Paulo. Itaim-Bibi e Brooklin. O distrito do Itaim-Bibi, composto por bairros como Vila Olímpia e Brooklin, se destaca no mercado de lançamentos. A localidade atraiu 23 empreendimentos de janeiro do ano passado a agosto último, de acordo com o Geoimóvel. O bom desempenho se deve ao Brooklin, com a metade dos novos empreendimentos da área. A região foi beneficiada pela Operação Urbana Água Espraiada,que permitiu a compra de Cepacs (Certificados de Potencial Adicional de Construção), elevando o potencial construtivo dos terrenos.

26 - SAÚDE É CAMPEÃ DE LANÇAMENTOS NA CAPITAL
Gustavo Coltri
O Estado SP, 23 setembro 2012 caderno imóveis 1  p4

São Paulo. Saúde. Preço mais acessível e boa infra-estrutura viária são chamarizes do distrito paulistano. A região recebeu no período de janeiro de 2011 à agosto deste ano, 24 novos projetos com 1.576 unidades autônomas, a maior parte delas de 2 dormitórios, de acordo com levantamentos do Geoimóvel.

27 - ESTOQUE DE OUTORGA ACABA EM 25 DISTRITOS
Gustavo Coltri
O Estado SP, 23 setembro 2012 caderno imóveis 1  p4

São Paulo. 25 dos 95 distritos paulistas estão com seus estoques, de outorga generosa praticamente esgotados, de acordo com a PMSP referentes ao mês de agosto. Os estoques de cada região foram determinados pela lei municipal nº 13.885/04, complementar ao Plano Diretor Estratégico da cidade de 2002.

28 - FRONTEIRA IMOBILIÁRIA CHEGARÁ A S. AMARO
Gustavo Coltri
O Estado SP, 23 setembro 2012  caderno imóveis 1  p5

São Paulo. Brooklin e Santo Amaro. A região sul do Brooklin será uma das principais novas fronteiras do mercado imobiliário paulistano nos próximos anos. Essa movimentação ainda ocorre de maneira tímida no distrito de Santo Amaro, mas deve se intensificar no decorrer da década, segundo especialistas.

29 - OFENSIVA NA JUSTIÇA ATINGE FAMÍLIAS QUE MORAM EM ÁREAS DE PROTEÇÃO NO RIO
Roberta Pennafort
O Estado SP, 23 setembro 2012  pA23

Rio de Janeiro. Parque Nacional da Tijuca. Há pelo menos 16 ações civis públicas contra moradores do Parque Nacional da Tijuca – que vivem há décadas ali; a direção da unidade, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade e a União; ocupação irregular no Jardim Botânico é semelhante. Para lembrar: o Parque Nacional da Tijuca, encravado na capital do Rio de Janeiro, é um Unidade de Conservação Federal composta de 3 áreas. Uma delas é a Floresta da Tijuca, a principal reserva de Mata Atlântica do Estado e considerada uma das maiores florestas urbanas do mundo. As outras duas têm como principais referências os morros do Corcovado e a Pedra da Gávea, incluindo seus arredores. Nos 3.952 hectares do parque há 600 espécies vegetais, 300 espécies animais de pequeno e médio porte, 42 vales, 43 córregos e rios, 43 cascatas e cachoeiras, 2 lagos, 19 pequenas represas e 61 grutas e cavernas.

30 - DESIGNER TRANSFORMA E PRESERVA FÁBRICA
Mariana Lenharo
O Estado SP, 23 setembro 2012  pA24

Itália. Emilia Romagna, Gambettola. Em 1989, o designer italiano Ângelo Grassi comprou uma fábrica de cimento falida na pequena cidade de Gambettola, na Emilia Romagna. Seu sonho era dar nova função à estrutura gigante de concreto. Sem ser destruída ou descaracterizada, a fábrica passaria a ser um centro de arte e pesquisas voltadas a uma produção artesanal que levasse em conta a preservação ambiental e a valorização da matéria-prima local. O projeto – chamado simplesmente de Fabrica – foi recebido com descrença naquele tempo em que o conceito de sustentabilidade não desfrutava de tanta popularidade quanto hoje nem aparecia atrelado a ações de marketing de empresas. O projeto tinha outra peculiaridade: a fábrica deveria permanecer como era quando funcionava. A idéia era preservar a memória do local e dos trabalhadores que lá atuaram por décadas. Estrutura, paredes e equipamentos, tudo foi mantido. Três bosques se formaram em volta do edifício, com árvores plantadas há 23 anos, no início do projeto. A diferença é que, em vez de produzir cimento, poluição e ruídos, a fábrica produz artesanato sustentável e cultura. Na época do cimento empregava 120 trabalhadores e hoje o centro emprega 140. Grassi esteve em São Paulo em agosto na ECA-USP, atendendo a um convite do Centro Mario Schenberg de Documentação e Pesquisa em Artes.

31 - PÚBLICO PEDIU VISUAL ESPORTE, DIZ O CRIADOR DO HB20
Folha SP, 23 setembro 2012 caderno veículos  p2

Casey Hyun. Hyundai. Designer do automóvel HB20. Descendente de sul-coreanos e nascido na Austrália, Casey Hyun é o gerente de design da Hyundai desde 2004. Foi ele quem projetou o HB20, primeiro compacto nacional da marca que chega às lojas em outubro. O desenho do i30 também é dele, mas nenhum dos dois modelos está na sua garagem – ele dirige um luxuoso Sonata. Leia a
breve entrevista.  

32 - DIRETO DA FONTE
Sonia Racy
O Estado SP, 23 setembro 2012  pD10

Ofir Fisher. Esteve em São Paulo para fomentar seu projeto, o OR Movement, organização cuja finalidade é povoar zonas de Israel, como os desertos de Negev e Galiléia, construindo cidades.
Voltará em novembro.

33 - DESAFIO NA ZONA LESTE / NA RADIAL O TRILHO É CAMPEÃO
Artur Rodrigues, Bruno Ribeiro e William Cardoso
O Estado SP, 23 setembro 2012  pC5

São Paulo. Zona Leste. Desafio promovido pelo jornal Estadão na última quinta-feira, período da manhã, carro e bicicleta trafegaram pela Radial Leste. Vagões ganharam com folga do automóvel, que também ficou bem atrás da bicicleta. Em percurso de 19 km o carro andou à 13,3km/h gastando 85 minutos; a bicicleta 20km/h em 57 minutos e o metrô 22,8km/h em 50 minutos.

34 - CASARÕES DO CENTRO DO RIO NA MIRA DO ALTO LUXO
Antonio Pita
O Estado SP, 23 setembro 2012  pC6

Rio de Janeiro. Centro. Há anos com casarões abandonados e degradados, a área compreendida entre a Praça Tiradentes, Lapa e Cruz Vermelha passa por valorização e assiste à chegada de escritórios, hotéis e lojas de alto padrão. Um lote de 19 casarões coloniais com mais de 100 anos, na Rua da Carioca, foi comprado pelo Banco Opportunity por R$ 54 milhões. Os imóveis pertenciam à Venerável Ordem Terceira de São Francisco, que os colocou à venda para saldar dívidas.

35 - EDINBURGO QUER CRIAR ‘JARDINS SUSPENSOS’
O Estado SP, 23 setembro 2012  pC8

Escócia. Edinburgo. A cidade quer transformar uma ponte de trens abandonada no centro da cidade em uma espécie de “jardim suspenso”, que poderia ser atravessado por pedestres ou ciclistas.

36 - BUENOS AIRES EXIGE COLETA DE ÁGUA DE CHUVA
O Estado SP, 23 setembro 2012  pC8

Argentina. Buenos Aires. Para diminuir o gasto com água da rede de abastecimento e evitar enchentes nas épocas chuvosas, a cidade de Buenos Aires, aprovou uma lei que obriga todos os edifícios e grandes casas a coletar a água da chuva. Ela deverá ser armazenada em um tanque coberto e usada pra limpeza de áreas externas, estacionamentos e jardins.

37 - OS RUMOS DA METRÓPOLE
Antonio Gonçalves Filho
O Estado SP, 23 setembro 2012  pD1

São Paulo. Arq.Futuro. Encontro internacional, reúne em SP arquitetos de renome como Todd Williams e Billie Tsien. Organização de Marisa Moreira Salles pela Bei+, braço da Bei Editora.
Dias 24 e 25 no Auditório Ibirapuera. Nesta página do jornal, veja a programação do encontro.

38 - ‘CIDADES SERÃO COMPUTADORES A CÉU ABERTO’
Rodrigo Burgarelli
O Estado SP, 23 setembro 2012  pC8

São Paulo. ArqFuturo. A afirmação acima, título da matéria, foi feita pelo arquiteto italiano Carlo Ratti. Do lixo ao trânsito, ele explica como novas tecnologias ajudam os centros urbanos. Novidades como o abastecimento de água e esgoto, iluminação, telefonia, metrô e várias outras têm modificado incessantemente a vida das mais de 3,4 bilhões de pessoas que compõem a população mundial. Atualmente, nova onda de inovações, lideradas pela difusão da internet, smartphones e tablets, está criando outras perspectivas de mudanças. O arquiteto Carlo Ratti, diretor do Senseable City Laboratory, do MIT nos EUA, é um dos principais especialistas no assunto. Leia a entrevista.

39 - DUPLA DOS MAIS BELOS MUSEUS
Antonio Gonçalves Filho
O Estado SP, 23 setembro 2012  pD2

São Paulo. ArqFuturo. Todd Williams e Billie Tsien criam há 36 anos alguns dos projetos mais premiados para abrigar coleções. Entrevista com os arquitetos.

22 DE SETEMBRO DE 2012

01 - PROJETO TIETÊ 21 ANOS
O Estado SP, 22 setembro 2012

São Paulo. Rio Tietê. Suplemento especial do jornal com 8 páginas.  Corrida pela vida. Meta de poluir o rio até 2020 vai exigir que 70% dos 176 municípios da Bacia do Tietê passem a coletar e tratar todo seu esgoto (pX1).  Tratar esgoto é o maior desafio para despoluir o Tietê (Bruno Ribeiro pX2);  Limpeza pode não estar completa até o final da década (Giovana Girardi pX3);  3 perguntas para José Luiz Fares (Rodrigo Burgarelli pX3);  Rio também é marcado pelas enchentes (pX4 e X5); Grandes cidades investiram na revitalização (pX6); Cidadãos somam esforços para ‘desmarginalizar’ o Tietê (Malu Ribeiro pX6);  Há 22 anos ação da ‘Eldorado’ foi fundamental (pX7);  ‘Sonho enxergar no rio’ (José Leonídio Rosendo dos Santos, mergulhador pX7).  

02 - A HISTÓRIA VIVE EM NOSSAS PÁGINAS
O Estado SP, 22 setembro 2012  pB19

São Paulo. Rio Tietê. Há 67.299 ocorrências no Estadão Acervo.

03 - Twittadas da semana
Marcelo Rubens Paiva
O Estado SP, 22 setembro 2012  pC2

São Paulo. “Nunca foi tão fácil para empreiteiras derrubarem casas históricas e construírem shoppings em São Paulo.”

04 - NO PIAUÍ, DIFERENTE É QUEM VIVE EM PRÉDIO
José Roberto de Toledo
O Estado SP, 22 setembro 2012  pH1-H6

PNAD Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios / 2012.  Suplemento com 6 páginas. Piauí é o estado menos verticalizado do País, com apenas 1% da população morando em apartamento; em Brasília são 23%Rio de Janeiro 18%;  e São Paulo 12%.  No ranking regional da PNAD para o estado de São Paulo: média de anos de estudo – 8,36%;  valor do rendimento médio mensal domiciliar – R$ 2.990,00;  taxa de migrantes de outro estado – 26%;  Tem micro com acesso à internet em casa – 52%;  taxa de pessoas que têm celular, mas não tem telefone fixo – 32,5%; a matéria traz também os dados por regiões metropolitanas.

05 - SÃO PAULO É A METRÓPOLE COM MAIS IMIGRANTES
Amanda Rossi
O Estado SP, 22 setembro 2012  pH6

PNAD Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. São Paulo. Um terço de todos os moradores com mais de 10 anos nasceu em outro estado; 17% são do interior.  

06 - APÓS CONFRONTO NA FAVELA DO MOINHO, KASSAB ACUSA PT DE ‘EXPLORAR TRAGÉDIA’  /  MORADORES CONSTROEM BARRICADAS
William Cardoso, Bruno Paes Manso, e Alessandra Moja Cunha
O Estado SP, 22 setembro 2012  pC1 e pC3
Jornal da Tarde,  22 setembro 2012  p6A

São Paulo. Favela do Moinho. O conflito deixou 9 pessoas feridas: 3 guardas e 6 moradores, um deles baleado na perna. Idéia foi tentar impedir a entrada da Guarda Civil. Muitos na comunidade dizem que agentes jogaram bombas anteontem, Prefeitura nega. Acordo permite volta de pessoas e obra em viaduto. ‘Foi uma agressão que acabou virando reação dos moradores’, disse a representante da Associação de Moradores da Comunidade do Moinho, Alessandra Moja Cunha, 28 anos.

07 - KASSAB QUER A RETIRADA DE CHURRASCARIA NO ANHEMBI
Artur Rodrigues
O Estado SP, 22 setembro 2012  pC3

São Paulo. Centro de Convenções Anhembi. A PMSP reivindica na Justiça retomada da área; em 1ª instância, restaurante ganhou direito de continuar lá. Para o prefeito, o local onde está instalada a churrascaria seria ideal para a construção de um acesso para o estacionamento. A prefeitura recorrerá.
O complexo Anhembi está saturado. O espaço não tem mais data para eventos até 2016. A solução só virá com a construção do Expo-SP, o Piritubão, mega-parque de eventos que a PMSP quer construir na zona norte. O local é aposta para abrigar a Exposição Mundial em 2020, que São Paulo é candidata a ser sede.

08 -CARRO, MOTO E ATÉ SKATE MOVIDOS A ELETRICIDADE
Valéria França
O Estado SP, 22 setembro 2012  pC8

São Paulo. Veículos a bateria começam a ganhar as ruas: não exigem esforço e usam energia limpa.
Há uma relação dos fabricantes.

09 - CAPITAL FLAGRA CRESCIMENTO DO USO DE BICICLETA COMO TRANSPORTE
Filipe Sansone
Diário SP, 22 setembro 2012,  p6

São Paulo. Estimativa de meio milhão de viagens diárias é motivo de comemoração hoje, quando estarão abertas as ciclofaixas de lazer. “Os motoristas começam a aceitar dividir o espaço com ciclistas. Um ciclista a mais é um carro a menos”, diz João Paulo, cicloativista.

10 - CICLOFAIXAS VÃO FUNCIONAR HOJE, DIA MUNDIAL SEM CARRO
Folha SP, 22 setembro 2012  pC2

São Paulo. Hoje é dia Mundial sem carro e, para comemorá-lo, a CET decidiu que todas as 4 ciclofaixas de lazer já existentes na cidade, que geralmente funcionam aos domingos, também estarão abertas hoje, das 7h às 16h. Porém a CET prevê que esta média deve piorar o trânsito, já que motoristas ‘perderão’ 72 km para ciclistas.

11 - CICLISTAS ADOTAM CÂMERAS PARA DENUNCIAR MOTORISTAS
ROSTO E PLACA DE INFRATOR SÃO EXIBIDOS NA WEB
Cristina Moreno de Castro, Bruno Benevides e Fernanda Kalena
Folha SP, 22 setembro 2012  pC2

São Paulo. Prática de filmar quem não respeita ciclista vem se popularizando em São Paulo; alguns já postaram 30 vídeos. Em Londres, vídeo vira prova para multar motorista. Risco é estimular agressividade, diz especialista. 8 ciclistas cercam um carro preto, na avenida Paulista. O motorista, que antes os tinha xingado, ao ouvir que está sendo filmado, desvia das bicicletas em alta velocidade, avança o sinal vermelho, bate numa motociclista – que cai- e foge sem parar para ver como ela está.
A imagem de 1min34s, circula pela internet, nas redes sociais. Mostra o rosto do motorista e a placa do carro. E foi feita com uma camerazinha acoplada ao capacete, que está virando moda entre os ciclistas mais militantes.

12 - A 1ª CICLOFAIXA DO CENTRO ABRE AMANHÃ
Adriana Ferraz
O Estado SP, 22 setembro 2012  pC6
CICLOFAIXA DE LAZER DO CENTRO SERÁ ABERTA
Adriana Ferraz
Jornal da Tarde, 22 setembro 2012  p8A

São Paulo. Percurso circular vai da Praça João Mendes até a Sé, passando por alguns dos principais pontos turísticos da capital paulista. Itaim e Vila Olímpia ganham estações de empréstimo de bike. Mapa da prefeitura do Rio vai orientar ciclistas.

13 - HOJE É DIA DE ‘PRAIA NA PAULISTA’
Beatriz Farrugia
Jornal da Tarde, 22 setembro 2012  p8A

São Paulo. Ação é parte da celebração do Dia Mundial Sem Carro, que terá eventos em vários pontos da cidade. Ontem, realizado o “Vaga Viva” que fez intervenções em vagas de carros na rua.

14 - ESTADO PLANEJA ‘DESMANCHE LEGAL’ PARA ESVAZIAR PÁTIOS DE CARROS
Bruno Ribeiro
O Estado SP, 22 setembro 2012  pC5

São Paulo. Idéia é passar o serviço de gerenciamento de carros apreendidos para uma PPP;
2 empresas já fizeram propostas. Abandono é alvo até do MP. Em 2009, o descaso com cerca de 30 mil veículos parados em 38 pátios particulares locados pelo Estado motivou o MPE a abrir um inquérito civil para cobrar mais empenho do Estado em fiscalizar os contratos.

15 - DOIS SECRETÁRIOS DE KASSAB DEFENDEM O PEDÁGIO URBANO
Caio do Valle
O Estado SP, 22 setembro 2012  pC5
SECRETÁRIOS DEFENDEM PEDÁGIO URBANO
Caio do Valle
Jornal da Tarde, 22 setembro 2012  p7A

São Paulo. Afirmação feita pelos secretários Eduardo Jorge, do Verde e Meio Ambiente, e Marcelo Cardinale Branco, de Transportes, em um seminário da Fiesp.

16 - O NÓ DO TRANSPORTE PÚBLICO
O Estado SP, 22 setembro 2012  pA3

São Paulo. O poder público recorre outra vez a paliativos para enfrentar o grave problema do transporte na cidade de São Paulo, quando anuncia que pagará a passagem de quem pegar ônibus no Terminal Santo Amaro depois de desembarcar na Estação Largo 13. A ampliação do metrô é certamente um projeto inadiável, porém seu lento ritmo de construção exige melhoria do sistema de ônibus já.

17 - SÃO PAULO SEM CARROS
Folha SP, 22 setembro 2012  pA2

Editorial. “Fim do ano passado, o Brasil chegou a 70,5 milhões de veículos, entre carros, utilitários, caminhões, ônibus, carretas e motocicletas. A cifra é 121% maior que a de 2001, quando a frota nacional somava 32 milhões de veículos. Diante desses números, a proposta de um dia sem carro parecerá a alguns pueril e impraticável, mas sem dúvida suscita reflexão.”

18 - MOBILIDADE  URBANA: UMA QUESTÃO METROPOLITANA
Juciano Martins Rodrigues*
O Estado SP, 22 setembro 2012  pA8

São Paulo. Análise. “Metrópoles como São Paulo e Rio não suportam mais deslocamentos baseados predominantemente no automóvel individual A solução, porém, pode estar no planejamento das cidades, com a ocupação dos vazios urbanos, o adensamento das áreas centrais ou a revalorização do transporte ferroviário. Por fim, é preciso reforçar que, mais do que uma questão eleitoral (ou eleitoreira), a mobilidade urbana deve ser tratada como uma questão metropolitana.” (*doutor em
Urbanismo e pesquisador do INCT Observatório das metrópoles, núcleo Rio)

19 - CHIP FAZ SITUAÇÃO DE LIXEIRA SER CONTROLADA VIA SATÉLITE
Evandro Spinelli
Folha SP, 22 setembro 2012  pC6

São Paulo. Desde dezembro foram instaladas 150 mil novas lixeiras na cidade, cada qual com seu chip. Agora é possível saber  quando o lixo foi retirado, quantas vezes ela quebrou nos últimos meses e até quando a equipe foi ao local pela última vez. A INOVA demonstrou o sistema à Folha. Todos os dias, em média 60 são danificadas. Por contrato, a empresa tem de assumir o prejuízo causado pelo vandalismo. Não há previsão de que os dados estejam disponíveis à população pela internet.

20 - CONTANDO O DINHEIRO
Mariana Carneiro e Gustavo Patu
Folha SP, 22 setembro 2012  pA16

São Paulo. Carga tributária da cidade cresce nos últimos anos, mas despesas também aumentam e há pouco espaço para reduzir impostos. As promessas dos candidatos: Serra: desconto para construções ambientalmente corretas; Soninha: aumentar IPTU de imóveis mal utilizados no centro; agilizar empreendimentos habitacionais; fazer um Minha Casa, Minha Vida condicionando créditos fiscais à localização. Os Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento – CID, são difíceis de serem obtidos. Só foram aproveitados por 28 empresas, 7 na zona leste e 21 na Nova Luz. Estes incentivos foram criados na gestão Marta Suplicy.

21 - CASA AVALIADA EM  R$ 1 BILHÃO É COLOCADA Á VENDA EM LONDRES
Rodrigo Russo
Folha SP, 22 setembro 2012  pB14

Londres. É o dobro da negociação mais cara já concluída no Reino Unido. Está localizada na região oeste da cidade, tradicionalmente sua área mais nobre, e fica a pequena distância do famoso Hyde Park, que abriga a galeria de arte Serpentine. Ela tem 7 andares, 45 quartos, piscina, elevadores, garagem no subsolo e vista para o parque, com área de 60 mil m2. Rumores indicam que suas janelas são à prova de bala e de que ouro é abundante em sua decoração. Na cidade de Nova York, o maior prédio de luxo residencial já construído tem apartamentos à venda por até R$ 200 milhões, com vista para o Central Park. A propriedade mais cara do mundo fica no centro de Mumbai, na Índia, e pertence ao bilionário local Mukesh Ambani. O prédio tem 27 andares, 3 helipontos, 1 cinema de 50 lugares e atualmente é avaliado em pouco mais de R$ 2 bilhões.

22 - NÃO BASTA DEIXAR LEGADO, É PRECISO SABER USÁ-LO
Igor Santos e Thamine Leta
O Globo, 22 setembro 2012  p26

Rio de Janeiro. Embora 47% das construções do Pan tenham ficado para 2016, muitas estão subutilizadas. São os casos do Engenhão, HSBC Arena, e do Centro de Treinamento do Time Brasil, que engloba o Centro Aquático Maria Lenk e o Velódromo. Detalhado relato do caso de cada um destes equipamentos.

23 - BOPE DERRUBA MUROS DO TRÁFICO EM FAVELA
Ana Claudia Costa
O Globo, 22 setembro 2012  p21

Rio de Janeiro. Instalada a UPP da Rocinha, policiais do Bope fizeram ontem uma operação em Manguinhos, na zona norte, e derrubaram barricadas, a maioria em concreto, erguidas por traficantes em 8 ruas da favela. Utilizando retroescavadeiras e explosivos, as equipes desbloqueram todas as vias.

24 - O CORRETOR QUE MUDOU A CARA DE UMA CIDADE
Eduardo Maluf
O Estado SP, 22 setembro 2012  pB23

Londrina. Com projetos inovadores, dono de corretora de imóveis conseguiu valorizar áreas abandonadas em Londrina. Raul Gilberto Fulgêncio, 58 anos, criou há 15 anos, a maior imobiliária independente da região sul, a Raul Fulgêncio Negócios Imobiliários, com vendas de R$ 514 milhões o ano passado. Em julho, 51% de sua imobiliária foi comprada pelo grupo paulista Lopes Brasil, por R$ 36,7 milhões. Porém, continua à frente dos negócios. Ele nasceu em Assai, município de 16 mil habitantes no Paraná, e ainda criança mudou-se para Londrina, onde morava numa pequena casa de madeira. Interrompeu os estudos no primário, pois não gostava de estudar. Sua arrancada rumo à liderança do mercado londrinense e de todo o sul ocorreu no período em que Lula foi eleito presidente da República pela primeira vez, em 2003. “As pessoas em Londrina temiam que o governo confiscasse a poupança e passaram a correr atrás de imóveis”, conta. “Ele criou uma espécie de participação societária para a compra de terrenos e suas idéias para a cidade mudaram a visão em relação ao mercado imobiliário”, diz Rosalmir Moreira, diretor licenciado do Secovi-PR. Criou o bairro Gleba Palhano, hoje o principal cartão postal da cidade. Londrina, a 2ª maior cidade do Paraná, com 511 mil habitantes, é atualmente um dos municípios mais verticalizados do Brasil. Mais recentemente organizou o projeto do Complexo Marco Zero, que abrange a construção do Boulevard Londrina Shopping, prédios residenciais e comerciais e o teatro Muncipal, além de hotéis. O investimento total gira em torno de R$ 1 bilhão. Outro empreendimento é o Mercado Palhano, o primeiro ecológico do Brasil, idealizado e incorporado por sua empresa. Em 2010, recebeu o prêmio nacional Planeta Casa, da Editora Abril, na categoria empreendimento imobiliário.

25 - BUNKER DIGITAL NA UNB
Marcela Ulhoa
Correio Braziliense, 21 setembro 2012  p18

Brasília. UNB.  A universidade ganhará uma sala especial de 44 m2 em um novo edifício para abrigar seu banco de dados. Super seguro, o espaço é à prova de: fogo, desabamentos, falta de energia, clima adverso, fumaça, gases corrosivos, jatos d’água, vazamentos, campos magnéticos, conectividade, roubo e armas de fogo, impact.

21 DE SETEMBRO DE 2012

01 - QUADRINHOS / CHICLETE COM BANANA
Angeli
Folha SP, 21 setembro 2012  pE11

Cena bucólica na cobertura de um arranha céu.

02 - URBANISMO / A CIDADE E OS PROJETOS
Diego Viana
Valor, 21 setembro 2012  suplemento EU&  p6-9

São Paulo. Evento Arq.Futuro reúne especialistas para discutir os caminhos da renovação urbana e da recuperação de áreas degradadas, na próxima semana em SP, 2ª e 3ª feiras. Com a presença de arquitetos e urbanistas brasileiros e estrangeiros, o evento põe em questão a encruzilhada em que se encontram as metrópoles: um “futuro de caos ou ordem das megacidades em contínuo crescimento”. Curador do encontro o arquiteto Fernando Serapião. Os eixos são 3: O problema da habitação no contexto do mercado imobiliário; o aproveitamento de espaços públicos para a cultura e o lazer; e o uso da tecnologia para tornar o funcionamento das cidades mais eficiente. “Nenhum desses eixos pode resolver a questão urbana por conta própria. Não se trata de apenas eliminar o déficit habitacional ou apenas aproveitar melhor os espaços públicos. Esse evento serve para envolver toda a sociedade, não só arquitetos e estudantes de arquitetura, na discussão sobre as cidades, o espaço em que todos vivemos nosso dia a dia”, afirma o curador. Entre os convidados, contam-se representantes do mercado imobiliário, como Otávio Zarvos, diretor da incorporadora idea!Zarvos; arquitetos de edifícios ousados, como o casal Tod Williams e Billie Tsien, que projetaram a celebrada sede da Barnes Foundation, na Filadélfia; e planejadores urbanos como o americano Thaddeus Pawlowski, urbanista do departamento de Planejamento da cidade de Nova York, responsável por projetos de infraestrutura de larga escala. (entrevista com este arquiteto, na página 8). Tecnologias de informação são uma das ferramentas disponíveis para incentivar os próprios cidadãos a mudar suas cidades. O arquiteto italiano Carlos Ratti, diretor do Laboratório Senseable City, no MIT (Massachusetts Institute of Technology), afirma que o trinômio computadores pessoas velozes, bancos de dados abertos e recolhimento de informações pode permitir à população reorganizar o modo de funcionamento de suas cidades. (ler entrevista com este arquiteto à página 9). O evento, que ocorrerá no Auditório Ibirapuera, em SP, está em sua 3ª edição.

03 - SOBRE AS CIDADES
Daniel Japiassu
O Estado SP, 21 setembro 2012  pD2

São Paulo. Evento ArqFuturo. Entrevista com Marisa Moreira Salles, organizadora do encontro.

04 - ONG PRESTA HOMENAGEM A ÁRVORES DA CIDADE
Tânia Baleria Gomes
O Estado SP, 21 setembro 2012  pA24

São Paulo. SOS Mata Atlântica reconhece a importância de 20 exemplares espalhados pela cidade de São Paulo. Veja a relação destas 20 árvores e sua localização.

05 - FOTOGRAFIA / MOSTRA E LIVRO DE MILITÃO DE AZEVEDO ETERNIZAM IMAGENS DO SÉCULO XX
Simonetta Persichetti
O Estado SP, 21 setembro 2012  pD12

São Paulo. O legado que Militão Augusto de Azevedo (1837-1905) nos deixou, com seus registros da então vila de São Paulo em 1862 e as fotos dos mesmos locais feitos 25 anos depois, em 1887, reunidos no livro que tem como título apenas o nome do artista, numa parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura, a Casa da Imagem e a editora Cosac&Naify, com textos de Rubens Fernandes Júnior, Heloisa Barbuy e Frava Frehse. Mostra na Casa da Imagem, rua Roberto Simonsen nº 136-B. até 25 novembro. (tel: 3106-5122).

06 - INCÊNDIO DESTRÓI CAPELA EM SOROCABA
José Maria Tomazela
O Estado SP, 21 setembro 2012  pC6

Sorocaba. Bairro de Inhayba. Em área da Fibria, empresa do grupo Votorantim, a capela projetada por Ramos de Azevedo, foi consumida por fogo que se alastrou dos eucaliptos à pequena edificação. As chamas consumiram o telhado, forro, altares e peças de valor histórico. Em 2005, um estudo recomendou à prefeitura o tombamento do prédio e de 50 metros do entorno. Em novembro de 2001 o MPE pediu que a Justiça obrigasse a Votorantim a preservar a capela, então abandonada. O pedido foi acolhido, mas a empresa recorreu. O processo não teve o julgamento definitivo. Uma perícia vai avaliar se existem condições técnicas para recuperar o patrimônio.

07 - O ALTO PREÇO DO VANDALISMO
O Estado SP, 21 setembro 2012  pA3

São Paulo. editorial. São destruídos todos os anos pelo menos 3 mil pontos de ônibus, 1,5 mil semáforos, 7 mil placas de trânsito, 500 tampas de poços de visita nas ruas e 200 km de cabos de rede elétrica. Hoje, o dinheiro gasto para pagar o estrago causado pelos que se divertem destruindo bens públicos representa uma soma bem maior do que o orçamento de algumas secretarias municipais.

08 - CSN MIRA O MERCADO DA CONSTRUÇÃO
Ivo Ribeiro
Valor, 21 setembro 2012  pB9

Siderurgia. A CSN almeja elevar a participação do setor de 20% para 35% do total vendido.

09 - MONOTRILHO E TUK-TUK: AS NOVAS ALTERNATIVAS
Bruno Ribeiro e Valéria França
O Estado SP, 21 setembro 2012  pC8

São Paulo. Semana da Mobilidade. Dois novos tipos de transporte poderão ser vistos em breve nas ruas de São Paulo. Trata-se do primeiro tuk-tuk nacional, que aqui ganhou o nome de triciclo para 2 passageiros e acaba de ser homologado no Brasil. No mês que vem, chega à Campinas, Araras, Limeira, Barretos e Campo Grande. Nestas cidades a corrida custará em média R$ 2, qualquer que seja a distância. O preço do veículo varia de R$ 8,58 mil à R$ 13,5 mil.  Com um motor de 200 cv, sofre nas ladeiras mas no plano alcança 70km/h. Em novembro deve ser entregue o 1º monotrilho fabricado no país, que promete ser o maior do mundo em capacidade.


14 DE SETEMBRO DE 2012

01 - MONICA BERGAMO / CURTO CIRCUITO
Mônica Bergamo
Folha SP, 14 setembro 2012  pE2

São Paulo. Palestra. O arquiteto espanhol Fermín Vasquez mostra projeto de um bairro sustentável em Brasília. Hoje às 16:30 horas, no Fórum Urbanístico Internacional, em São Paulo.

02 - GOVERNO ESTUDA LEVAR TREM-BALA PARA PR E MG
Luciano Máximo
Valor, 14 setembro 2012  pA5

ANTT (Agencia Nacional de Transportes Terrestres). O superintendente da ANTT, Hélio Mauro França, em encontro com engenheiros e executivos brasileiros e estrangeiros de empresas do setor de transportes, disse ontem que é “uma decisão de governo” ir além do trem-bala que vai ligar as cidades de Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro e criar uma malha ferroviária de transporte de passageiros por meio de trens de alta velocidade (TAV). Estudos de demanda para os trechos São Paulo-Curitiba, São Paulo-Belo Horizonte, e São Paulo-interior paulista-Triâmgulo mineiro, são conduzidos pelo Ministérios dos Transportes e ficarão prontos em 2014. “É mais atrativo para a indústria se eu ofereço uma perspectiva de escala”, disse França que participou de um painel da 18ª Semana de Tecnologia Metro-ferroviária, que ocorre em São Paulo. França concentrou sua palestra no projeto atual do trem-bala, que está em fase de realização de audiências públicas e tem leilão marcado para maio de 2013. Um empresário que não quis se identificar, questionou a ligação Campinas-São Paulo do atual projeto e cobrou agilidade na conexão com Curitiba. “Campinas e região são muito bem servidas por ótimas rodovias. O trajeto pela Régis Bittencourt para o sul do país é um inferno, a estrada é péssima e sempre tem acidentes que interrompem a viagem. Além disso, o aeroporto Afonso Pena em Curitiba está sempre fechado por causa do mau tempo. O governo poderia deixar de lado o trecho de Campinas e priorizar o trecho sul, cuja viagem é mais dramática.”

03 - PROJETOS PODEM USAR MÃO DE OBRA ESTRANGEIRA
Rodrigo Pedroso
Valo, 14 setembro 2012  pA5

Os novos projetos de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos que estão sendo preparados pela Empresa de Planejamento e Logística (EPL) podem precisar de mão de obra estrangeira. Depois de se reunir com empresários ligados ao setor ontem na Fiesp, o presidente da EPL, disse que em função da escassez da mão de obra qualificada no Brasil há possibilidade de que sejam procurados técnicos e engenheiros na Europa para que as obras não sofram atrasos.

04 - TÚNEL POLÊMICO ESTÁ NA LISTA DE PROMESSAS DE VÁRIOS CANDIDATOS
Edurado Geraque
Folha SP, 14 setembro 2012  pA14

São Paulo. Túnel. A construção de um túnel para ligar a avenida Roberto Marinho à rodovia dos Imigrantes, na zona sul de São Paulo, está entre as promessas de obras viárias dos principais candidatos à prefeitura. O mega-túnel com 2,3 km de extensão é polêmico por dois motivos. Primeiro, por conta das vultosas desapropriações para desalojar 40 mil pessoas que poderá custar até R$ 4 bilhões. Com esta verba poderia se construir até 200 km de corredores. Segundo, a obra só favorece a circulação de automóveis. A região do túnel seria toda remodelada. O projeto original prevê a construção de um parque sobre o túnel. Problemas para a obtenção do licenciamento ambiental impediram que ela fosse realizada. A obra, que chegou a ser prometida para 2012, nem começou a sair do papel.Os candidatos Haddad, Paulinho e Soninha prometem rever o projeto para que não beneficie exclusivamente automóveis.

As promessas dos candidatos: Serra: 1-construção do túnel água espraiada; 2-duplicação da estrada do M’Boi Mirim; 3-prolongamento da avenida Chucri Zaidan; 4-alargamento da avenida Dona Belmira Marin; 5-prolongamento da Marginal Pinheiros até a ponte Vitorino Goulart da Silva; 6-construção da ponte Graúna sobre a Billings; 7-investimento em monotrilhos e corredores de ônibus. Haddad: 1-obras com editais já lançados serão feitas; 2-túnel água espraiada será construído, mas poderá sofrer alterações após consultas à população; 3-prolongamento avenida Chucri Zaidan; 4-prolongamento avenida Carlos Caldeira Filho; 5-alargamento estrada M’Boi Mirim e avanida Dona Belmira Marin; 6-duplicação da estrada do Alvarenga; Chalita: 1-túnel água espraiada será mantido; 2- ampliação estradas Alvarenga e M’Boi Mirim; 3-construção de corredores de ônibus; 4-montagens de mais faixas reversíveis; Soninha: 1-túnel água espraiada; 2-construção de monotrilho na berrini; 3-fazer a operação correta dos corredores de ônibus; 4-criação de linhas noturnas de ônibus; 5-revisão da proibição dos fretados; 6- construção de passarelas para pedestres e ciclistas sobre a marginal pinheiros; 7-implementação de linhas de barca nas represas. 

05 - CARRO SÓ NÃO PERDE PARA HOMEM ANDANDO
Bruno Ribeiro
O Estado SP, 14 setembro 2012  pC8

São Paulo. Na 7ª edição do desafio de meios de transporte, os 14 km entre a zona sul, Praça General Gentil Falcão no Itaim-Bibi e o centro, até a Prefeitura no Viaduto do Chá, foram feitos em 1 hora e 41 minutos por automóvel; helicóptero levou 22 minutos. O carro perdeu para quase tudo: patins, skate, ônibus, trens e para o corredor O evento que ocorreu ontem, antecede o Dia Mundial Sem Carro, no dia 22. Diferença de 1h20minutos separa o primeiro e o último lugar.
                  Meio de transporte                      tempo
                  helicóptero                                  22 min 22
                  ciclista por vias rápidas              24 min 7
                  motociclista                                26 mim 20
                  patins                                          31 min 4
                  trem e metrô                               31 min 55
                  ciclista por ruas locais                48 min
                  skate                                           55 min 38
                  bicicleta e metrô                         57 min 20
                  handbike                                     58 min 35
                  trem e ônibus                         1h   6 min 40
                  pedestre correndo                  1h  7 min 10
                  ônibus                                    1h 38 min 48
                  carro                                       1h 41 min 7
                  pedestre caminhando             1h 42 min 7

06 -  DIRETO DA FONTE  /  DEIXE O CARRO EM CASA
Sonia Racy
O Estado SP, 14 setembro 2012  pD2

São Paulo. Aproveitando o Dia Mundial Sem Carro, sábado dia 22, a CET inicia campanha educativa na segunda-feira. Veículos particulares com mais de um ocupante terão preferência em nove faixas reversíveis da cidade. Agentes orientarão os motoristas.

07 - GRANDES REDES TERÃO 200 NOVOS HOTÉIS EM 2015
Maria Cristina Frias
Folha SP, 14 setembro 2012  pB2
As principais redes hoteleiras do Brasil devem inaugurar aproximadamente 200 novos hotéis no país até 2015. O país passará de 515 para 700 empreendimentos ao final de 3 anos, de acordo com os cálculos realizados pelo FOHB, entidade que reúne 24 grandes bandeiras. “São projetos que abrangem todas as regiões do país. A expansão representa cerca de 30 mil novos quartos, majoritariamente da categoria econômica, seguidos por padrão médio, luxo e resorts”, afirma o presidente do FOHB, Roberto Rotter. 

08 - WEST PLAZA CONSEGUE LIMINAR E CONTINUA ABERTO
Rodrigo Burgarelli
O Estado SP, 14 setembro 2012  pC4

São Paulo. Shopping West Plaza. A justiça concedeu liminar para suspender as multas dadas pela PMSP e impedir o fechamento do Shopping West Plaza, na Pompéia. O alvará do centro comercial havia sido cassado pela subprefeitura da Lapa no dia 14 de agosto, sob a acusação de que o shopping center teria construído áreas que não estavam previstas na planta original.

09 - NOVO CONSUMIDOR PEDE IMÓVEL SEGMENTADO
Marina Gazzoni
O Estado SP, 14 setembro 2012  pB16

São Paulo. Os diferentes modelos de família que surgem vão exigir das incorporadoras projetos específicos para cada público. Um dos nichos com potencial crescente é a terceira idade. A construtora Tecnisa começou a prestar mais atenção nesses consumidores em 2009, o que a levou a contratar uma equipe especializada em gerontologia, formada por geriatras e arquitetos, para auxiliar no desenvolvimento de projetos para esse público.

10 - BIBLIOTECA NACIONAL / ÓRGÃO TEM DE MELHORAR SISTEMA ANTI-INCÊNDIO
O Estado SP, 14 setembro 2012  pC5

Rio de Janeiro. A Biblioteca Nacional tem 180 dias para apresentar projeto contra incêndio e pânico ao Corpo de Bombeiros. Em vistoria no dia 6, a corporação encontrou falhas no atual sistema. No fim de agosto, funcionários afirmaram ao site estadao.com.br que estavam apreensivos com a situação do prédio.

11 - OUTRO OPERÁRIO NO RIO É ATINGIDO POR VERGALHÃO
Clarissa Thomé
O Estado SP, 14 setembro 2012  pC5
MAIS UM OPERÁRIO É VITIMA DE VERGALHÃO
Diário SP, 14 setembro 2012 

Rio de Janeiro. O operário Francisco Bento Barroso, de 47 anos, caiu de uma altura de 3 metros e teve o pescoço atravessado por um vergalhão na tarde de quarta-feira, em Copacabana, zona sul. O pedaço de ferro passou ao lado da veia jugular e da artéria carótida. Não atingiu a traquéia, o esôfago nem os nervos que vão para os braços – o que poderia comprometer os movimentos. Barroso não terá seqüelas. De acordo com o Crea-rj, a obra está irregular, não tem engenheiro responsável.

12 - VENDA DE IMÓVEIS NOVOS CRESCE 65.3% EM JULHO
Luiz Guilherme Gerbelli
O Estado SP, 14 setembro 2012  pB9

A alta no mês foi puxada pelo bom desempenho dos municípios do entorno da cidade de São Paulo.

13 - PREÇO DOS IMÓVEIS DESACELERA NA CIDADE DE SÃO PAULO EM AGOSTO
Folha SP, 14 setembro 2012  pB7

A variação anual do preço do m2 na cidade de São Paulo foi de 12% em agosto, mas a tendência é de queda. Quando comparado com o mês anterior, junho teve alta de 1,5%; julho de 1,3% e agosto de 0,69%. A região oeste tem o m2 mais alto R$ 6.874 e a zona leste o mais barato R$ 4.161. Os dados são do barômetro do Mercado Imobiliário, levantamento do portal Agente Imóvel com 100 mil imóveis anunciados no site. 

14 - RISCO DE DESABAMENTO FAZ DEFESA CIVIL ESVAZIAR PRÉDIO DE 14 ANDARES NO ITAIM
Artur Rodrigues
O Estado SP, 14 setembro 2012  pA1 e pC1
PRÉDIO TREME E É INTERDITADO NA VILA OLÍMPIA
Ricardo Gallo, Evandro Spinelli e Felipe Souza
Folha SP, 14 setembro 2012  pA1, pC1 e pC4
CONDOMÍNIO DE LUXO É INTERDITADO APÓS SOFRER ABALO NA ESTRUTURA
Mari Cavalcante
Diário SP, 14 setembro 2012  p4

São Paulo. Vila Olímpia. O Edifício Ivany, prédio de 14 andares, foi interditado ontem sob risco de desabamento. Localizado na esquina da Avenida Santo Amaro com a Rua Aguiar Valim, teve 3 colunas danificadas por uma obra do Hospital São Luiz, vizinho e dono de parte do prédio. Moradores tiveram de deixar o prédio e ficarão fora de casa por tempo indeterminado.

13 DE SETEMBRO DE 2012

01 - PALESTRA  /  GUILHERME WISNIK
Folha SP, 13 setembro 2012  pE6

São Paulo. Com o tema “dentro do Nevoeiro”, o arquiteto Guilherme Wisnik dá palestra sobre arte contemporânea, como parte do ciclo de conferências “Mutações”. Local – Sesc Vila Mariana. 19:30 horas. Ingressos esgotados.

02 - PROJETO DO MORUMBI PASSA POR TESTE EM TÚNEL DE VENTO
Diário SP, 13 setembro 2012  p5

São Paulo. Estádio do SPFC.Enquanto aguarda aprovação da Câmara dos Vereadores, o projeto de instalação da cobertura do Morumbi está sendo submetido a testes no túnel de vento do IPT. A avaliação permitirá validar cálculos preliminares e ajudará na escolha dos materiais. A Estrutura metálica a ser instalada terá 4 mil toneladas de aço tratado, 8 pilares. Entre os materiais considerados, estão telha de aço e membrana tensionada. Previsto um estacionamento para 3 mil carros. Concluídos os estudos, a maquete será exposta ao público. A construtora Andrade Gutierrez é a parceira do São Paulo na obra.

03 - COMEÇAM OBRAS NO ENTORNO DO ITAQUERÃO
Diário SP, 13 setembro 2012  p5
COMEÇAM OBRAS NO ENTORNO DO ESTÁDIO DO CORINTHIANS
Tatiana Cavalcanti
Folha SP, 13 setembro 2012  pC5
OBRA DE MELHORIA VIÁRIA COMEÇA EM ITAQUERA
O Estado SP, 13 setembro 2012  pC7

São Paulo. Complexo Viário do Pólo Institucional de Itaquera. Intervenções na região visam facilitar o acesso dos torcedores ao estádio e vão custar R$ 478,2 milhões. Obras incluem construção de novas vias de ligação entre avenidas e adequação viária da radial leste. Obras começaram ontem e a conclusão está prevista para março de 2014. Além do Fielzão, outros equipamentos públicos deverão ser entregues na área, como unidades da Etec, da Fatec, PM, Bombeiros, Pólo Tecnológico, Fórum e Centro de Convenções.

04 - CÂMARA ‘SOME’ COM RUA E FAVORECE IGREJA EVANGÉLICA
Evandro Spinelli
Folha SP, 13 setembro 2012  pC5 
CÂMARA DÁ AVAL A IGREJA QUE “SUMIU” COM A RUA
Diego Zanchetta
O Estado SP, 13 setembro 2012  pC11

São Paulo. Câmara Municipal. A Câmara aprovou ontem, com 28 votos a favor e 9 contra, um projeto do prefeito que faz “sumir” um prolongamento de 137 metros previsto para a rua Bruges, para permitir a legalização de um templo em obras da Igreja Mundial do Poder de Deus em Santo Amaro. Desde 1988 está prevista que uma rua passaria pelo terreno. Com a mudança da lei, não haverá mais rua alguma. O templo está sendo construído sem autorização da prefeitura, que se omite ao não fiscalizar nem embargar a obra. Com a mudança da lei, a Secretaria da Habitação poderá emitir o alvará de construção, o que dará segurança jurídica à Igreja. A aprovação desta lei faz parte de um acordo entre o deputado José Olimpio (PP-SP) e o presidente da Câmara, Police Neto (PSD), para garantir sua eleição à presidência da Câmara. Foto da igreja e mapa aéreo ilustram a matéria.

05 - CICLOFAIXA DA PAULISTA GANHA ‘ROTA TURÍSTICA’ NO FIM DO MÊS
Evandro Spinelli
Folha SP, 13 setembro 2012  pC6

São Paulo. Avenida Paulista e Centro da Cidade. Prefeito quer abertura no dia 23, mas técnicos acham que tempo é insuficiente. Com a extensão até pontos históricos do centro, trajeto dominical somará 14,3 km de ida e volta. Funcionará aos domingos e feriados das 7h às 16 horas. Velocidade máxima será de 40km/h durante o bloqueio. Esta ciclofaixa é a quarta da cidade. A primeira, de 2009 liga os Parques: Ibirapuera, do Povo e o Villa-Lobos. Trajeto: Avenida Paulista esquina com Rua da Consolação até esquina com Rua Vergueiro; desce Rua Vergueiro até Praça da Sé, Rua Anita Garibaldi, Pátio do Colégio, Rua Boa Vista, Largo de São Bento, Rua Líbero Badaró, Rua Senador Feijó, novamente Praça da Sé, subir a Avenida Liberdade e a Rua Vergueiro e volta à Avenida Paulista. Ver mapa com o trajeto detalhado.

06 - MAGISTRADO SUSPENDE ‘CIDADE LIMPA’ DO RIO
O Estado SP, 13 setembro 2012  pC7

Rio de Janeiro. Projeto Cidade Limpa. O decreto que proibiu publicidade em prédios do Rio, em maio, foi suspenso ontem por decisão da 15ª Câmara Cível. Para o relator do processo, o prefeito Eduardo Paes foi além do que competia a ele, ao restringir a propaganda em outdoors e na empena lateral dos edifícios. A prefeitura diz que vai recorrer.

07 - SEM ACORDO, GOVERNO ADMITE NOVO PROJETO PARA LEI FLORESTAL
Gabriela guerreiro
Folha SP, 13 setembro 2012  pA10

Congresso. Sem acordo para votar na Câmara a medida provisória que regulamente o Código Florestal, o governo admite apresentar um projeto de decreto legislativo no Congresso para tentar salvar parte dessa legislação ambiental.

08 - MEDIÇÃO INDIVIDUALIZADA DE ÁGUA EM PRÉDIO AVANÇA
O Estado SP, 13 setembro 2012  pA10

Senado. A conta da água em condomínios. Comissão de Desenvolvimento Regional do Senado aprovou projeto que exige cobrança individualizada de água em condomínios. A justificativa é de que a cobrança única, incluída na taxa de condomínio, prejudica os consumidores mais comedidos e favorece os perdulários, que incentiva o desperdício de recursos hídricos. O texto segue agora para exame na Comissão de Meio Ambiente e Defesa do Consumidor, onde receberá decisão definitiva.

09 - FÁBRICAS ‘DE BAIRRO’ QUE RESISTEM NA CAPITAL
Edison Veiga e Rodrigo Burgarelli
O Estado SP, 13 setembro 2012  pC8

São Paulo. Moóca: Lorenzetti; Pinheiros: Dimep. Metrópole perdeu maioria das indústrias, mas algumas continuam fiéis às suas raízes. Em 1920 a indústria representava 55% de toda a riqueza produzida na cidade; atualmente, a metrópole se consolidou como pólo de serviços, e as indústrias representam apenas 17% da riqueza da capital. Mesmo assim, a capital paulista ainda tem a maior produção industrial entre todos os municípios do País. Eduardo Coli, vice-presidente da Lorenzetti: “São 90 anos de história, 90 anos de Moóca. É uma ligação muito forte. Quando outras fábricas saíam daqui, comprávamos seus espaços e, assim, chegamos a praticamente 100 mil m2 de área construída.” A Lorenzetti é a maior metalúrgica da cidade, funciona na Mooca desde 1923 e emprega 3.619 funcionários, que fabricam de lâmpadas a chuveiros. A Dimep começou em 1936,  criada por Dimas de Mello Pimenta e hoje gerida por seu filho Dimas de Mello Pimenta II e esteve localizada em vários endereços em Pinheiros : Rua Cônego Eugenio Leite, Rua Cardeal Arcoverde, Avenida Diógenes Rebocas e Avenida Mofarrej. Fabricante de relógios de ponto, outros marcadores e sistemas de controle de acesso, conta atualmente com 1 mil funcionários.

10 - NO QUE DEU... PREFEITURA MANTEVE CONTRATO
Bruno Ribeiro
O Estado SP, 13 setembro 2012  pC2

São Paulo. Ilume. Licitação da Luz, caso não chegou à Justiça, 1 ano após denúncia do “Estado”.
O inquérito, aberto pelo Ministério Público (MPE) para investigar uma possível fraude na licitação da PMSP para manutenção, ampliação e remodelação dos serviços de iluminação pública, ainda nem sequer foi apresentado à Justiça. Há um ano o jornal antecipava o resultado do processo, assim como a classificação das empresas participantes, em reportagem publicada no dia 9 de setembro. As regras do edital favoreciam o Consórcio SP Luz, que venceu a disputa. Contrato de R$ 433,8 milhões foi mantido e o consórcio já recebeu R$ 55,4 milhões.

11 - CONTRA ILEGALIDADE, APROVAÇÃO DE OBRA SERÁ FEITA PELA INTERNET
Artur Rodrigues
O Estado SP, 13 setembro 2012  pC9

São Paulo. PMSP. Pedidos na Prefeitura de autorização para construções serão feitos somente pela web; medida deve entrar em vigor até o fim da semana. As idas e vindas a repartições públicas, com a pastinha cheia de documentos debaixo do braço, para aprovar qualquer obra ou reforma estão com os dias contados. Com isso, a administração municipal pretende dar agilidade ao processo e diminuir as chances da prática de irregularidades. A prefeitura tem mais de 60 mil processos antigos, que permanecerão físicos. Está sendo estudada uma maneira de fazer a migração digital.

12 - HABITE-SE ELETRÔNICO REDUZIU A ESPERA DE 45 DIAS PARA 9 DIAS
Artur Rodrigues
O Estado de SP,  13 setembro 2012  pC9

São Paulo. PMSP. Desenvolvimento do projeto começou em 2008 e consumiu R$ 15 milhões; fiscalização deve ser informatizada. Colocado em operação há 2 meses, o sistema de Habite-se eletrônico diminuiu a média de tempo de tramitação do projeto de 45 dias para 9 dias, segundo dados da secretaria Municipal de Habitação. A diminuição na espera é de 80%. A conta foi feita comparando dados dos períodos de 16 de julho a 6 de setembro deste ano e do ano passado. Nos últimos 2 meses, segundo a secretaria, foram emitidos 314 Habite-se. No ano passado foram 381.
A prefeitura também pretende informatizar a fiscalização. Um projeto-piloto que deve ser lançado nas sub-prefeituras da Sé e Pinheiros prevê a troca dos talonários dos fiscais por tablets. Com isso, o trabalho dos fiscais seria monitorado e eles teriam um roteiro definido a ser realizado. Para evitar irregularidades, a rota deles seria acompanhada via GPS.

13 - PREFEITURA JÁ EMITE 27 ALVARÁS POR DIA PELA INTERNET
Diego Zanchetta
O Estado SP,  13 setembro 2012  pC10

São Paulo. Prefeitura. A aprovação da licença de até 4 anos é imediata e beneficia de templo de umbanda a rede de farmácias na capital. Implementada em março, a concessão de licenças pela internet beneficiou 4.862 imóveis comerciais de até 1.500 m2 que estavam irregulares, média de 27 alvarás por dia. Caso o imóvel não tenha pendências, como dívidas do IPTU ou localização em área onde o zoneamento não permite comércio, a regularização é imediata. Ao todo, os alvarás provisórios somam 37% (1.783) do total das licenças concedidas pela internet nos últimos 6 meses.
O alvará provisório tem validade de 2 anos, prorrogável por igual período desde que o proprietário comprove o início do processo de regularização do imóvel. 987 mil é o número de comerciantes que não têm alvará na cidade de São Paulo, segundo estimativa feita pela Câmara Muncipal.
14 - MP COBRA SABESP POR ÁREA CONTAMINADA E PEDE REMEDIAÇÃO
Adriana Ferraz
O Estado SP, 13 setembro 2012  pC10

São Paulo. Vila Prudente. O Ministério Público Estadual (MPE) ajuizou ontem uma ação civil pública para obrigar a Sabesp a fazer a remediação de um terreno contaminado na Vila Prudente, zona leste. A área de 144 mil m2, é delimitada pela Avenida Doutor Francisco de Mesquita e pela rua Patriarca, ao lado da Estação Tamandaré do Metrô e da CPTM, que deverá ser investigada, assim como o Shopping Central Plaza. Além da liminar, o MPE pede que a Sabesp seja condenada a fazer a desocupação total da área, assim como a demolição das edificações, a compensação ambiental pelos danos ambientais e a indenização por danos morais e materiais coletivos causados.
      
15 - CIRCO TERÁ MANUAL DE SEGURANÇA PELA 1ª VEZ
Juliana Deodoro
O Estado SP, 13 setembro 2012  pC12

Uma iniciativa inédita está prestes a ser publicada no Brasil: um manual de segurança no circo. A publicação financiada pelo Ministério da Cultura, por meio do Prêmio Carequinha de Estímulo ao circo, da Funarte, está em fase de finalização e será impressa em português, espanhol e inglês. O autor da pesquisa é o mestre em Educação Física pela Unicamp, Diego Leandro Ferreira, que tem prática em 10 anos de ensino de circo aliado à sua experiência com esportes radicais.

16 - PROMOTOR VÊ DANO AMBIENTAL EM OBRA DE PARQUE ANTIENCHENTE
Diego Zanchetta e Rodrigo Burgarelli
O Estado SP, 13 setembro 2012  pC11

São Paulo. Rio Tietê. Várzeas do Tietê foi anunciado como o maior parque linear do mundo; alegação é de perda de 100 mil m2 de mata nativa. O MPE está processando o governo desde maio, por causa de supostos danos ambientais que as obras do parque estão causando. Para o promotor a obra terá grande impacto, pois prevê “a construção de 129 quadras poliesportivas, 77 campos de futebol e uma estrada asfaltada para automóveis com 230 km de extensão” em área alagadiça e intocada. O DAEE é o responsável pelo projeto.

17 - MASTER IMOBILIÁRIO PREMIA DESTAQUES DA CONSTRUÇÃO
O Estado SP, 13 setembro 2012  pB21

São Paulo. As empresas do mercado imobiliário que mais se destacaram em 16 categorias neste ano receberam ontem o 18º Prêmio Máster Imobiliário 2012. A premiação é iniciativa do Secovi-sp e Fiabci/Creci, apoiada pelo jornal Estadão. Acompanha, relação dos projetos premiados.

18 - CARLYLE COMPRA CONTROLE DA TOK&STOCK
Beth Kolke
Valor, 13 setembro 2012  pA1, pB5 e pE1

São Paulo. Chegou ao fim a disputa pelo controle da Tok & Stock. O Fundo americano Carlyle, que tem US$ 156 bilhões em ativos sob gestão, comprou 60% da varejista brasileira, que era controlada pelos fundadores Regis e Ghislaine Dubrule. O jornal Valor apurou que a operação foi fechada por R$ 700 milhões.

19 - QUANDO O MUSEU VAI AONDE O POVO ESTÁ
Diego Viana
Valor, 13 setembro 2012  pD6

Museus. Quando o Guggenheim abriu sua subsidiária em Bilbao, Espanha, deu início a uma tendência , a dos chamados “museus-satélite”. Dando seqüência ao fenômeno, o Louvre de Paris
iniciou a construção de sua unidade em Abu Dhabi, financiado pelos Emirados Árabes Unidos.
O Hermitage de São Petersburgo pode ser visto em Amsterdam. As cidades de Berlim, Veneza e Las Vegas abriram seus Guggenheim. Exceção a cidade do Rio de Janeiro, por oposição dos cariocas. O diretor do Centre Pompidou, Alfred Pacquement, esta semana em São Paulo, em palestra na 2ª feira na Pinacoteca, no ciclo de depoimentos do “Seminário Museus Satélites” explicou sua experiência com a criação da subsidiária em Metz na Lorena, projeto do arquiteto Shigero Ban, e do Pompidou Móbile, uma estrutura itinerante, e como estes museus impulsionaram a recuperação econômica de antigos bairros de suas cidades. O Pompidou Móbile estreou em outubro do ano passado na pequena cidade de Chaumont, região da Champagne, passou por Cambrai e chegou a Boulogne-sur-Mer. Físicamente, o Pompidou Móbile “parece uma cobertura de circo, muito agradável, simples e alegre” e está voltado para cidades que não dispõem de equipamentos culturais custosos como museus e centros culturais.

20 - PERKINS ENTRA NO ROCCO, VIDAL /  INTERNACIONAL E COLETIVO
Valor, 13 setembro 2012  pA1 e pD7

São Paulo. O escritório americano de arquitetura Perkins+Will, um dos dez maiores dos EUA, assumiu participação no escritório paulistano Rocco, Vidal + Arquitetos. Não por acaso, Calatrava, Portzamparc e Diller Scofidio assinam 3 obras atualmente em construção no Rio de Janeiro. Mês passado, os americano da Perkins+Will, fecharam contrato de fusão com o paulistano Rocco, Vidal+Arquitetos, há mais de 30 anos no mercado. A Perkins+Will tem se transformado em uma espécie de multinacional no segmento de arquitetura. Fundada em Chicago em 1935, possui 24 escritórios, entre EUA, Canadá, Reino Unido, Dubai, China e Brasil. Sua principal estratégia de expansão baseia-se na associação com parceiros locais – um mês antes do Brasil, a empresa juntou-se ao escritório britânico Pringle Brandon. Segundo Fernando Vidal, sócio da Rocco, Vidal, a fusão fortalece o escritório brasileiro em áreas como saúde, educação, transporte e infraestrutura e nos últimos anos a empresa tem crescido entre 25 e 30% em faturamento. É dela o projeto de 15 mil m2 da nova sede do banco BTG Pactual, localizado no gigante Pátio Bandeiras, na região da Faria Lima em São Paulo. Ainda de acordo com Vidal, a companhia pesquisou 20 empresas no Brasil em um ano, antes de fechar negócio, e por ora a participação do grupo americano não prevê o controle administrativo sobre o escritório brasileiro.

06 DE SETEMBRO DE 2012

01 - O EDIFÍCIO EM TEMPOS DE RUPTURAS
Jotabê Medeiros
O Estado SP, 6 setembro 2012  pD12

São Paulo. Exposição de Projetos Morphosis, Formas Combinatórias de Thom Mayne. Estrela da arquitetura, Thom Mayne, expõe projetos premiados no Instituto Tomie Ohtake, desde esta semana até 4 novembro. São 86 maquetes e painéis fotográficos. Pritzker Prize de Arquitetura de 2005, o arquiteto norte-americano ganhou em maio o concurso para projetar a nova sede da Cornell University, em Roosevelt Island, Nova York. Um edifício de US$ 150 milhões para abrigar um novo conceito de educação, por onde circularão 2 mil estudantes e com um espaço construído de 14 mil m2. Seu projeto bateu os também notáveis Rem Koolhaas, Diller Scofidio & Renfro, Steven Holl Architects, Skidmore, Owings & Merrill e Bohlin Cywinski Jackson. Nascido em 1944 em Wanterbury, Connecticut, formou-se em Harvard. Alguns de seus projetos em exposição: Cooper Union em Nova York; Phare Building em Paris (em obras, a ser inaugurado em 2015); CalTrans em Los Angeles (2004); San Francisco Office Building (2006); Wayne Courthouse em Eugene, Oregon; Centro Estudantil de recreação da University de Cincinnati (2006). Uma fotografia da fachada do Cooper Union, outra da Phare Building e uma da exposição, ilustram a matéria.

02 - PRÉDIO MAIS LUXUOSO DA AVENIDA FARIA LIMA COMEÇA A SER OCUPADO
Chiara Quintão
Valor, 6 setembro 2012  pB7

São Paulo. Pátio Victor Malzoni. O empreendimento de grandes lajes corporativas de padrão triple A da avenida Faria Lima, na zona sul de São Paulo, mais aguardado do ano começará a ser ocupado este mês. O prédio de vidros pretos incorporado pelo grupo Victor Malzoni, no maior terreno da avenida, será vitrine de grandes corporações que vão instalar suas sedes no local – BTG, BVA, Google, Banco da China e Tecnisa, além do próprio escritório responsável pelo empreendimento. O edifício obteve o ‘habite-se’ na sexta-feira. Este ‘habite-se’ era esperado em outubro do ano passado. O aluguel médio das áreas é de R$ 200 por m2. O grupo Malzoni possui 38 mil m2 de área e o grupo BTG, 16 mil m2. Os investimentos no empreendimento somam R$ 1,1 bilhão, incluindo terreno, construção e aprovações. O prédio tem inovações, como funcionamento 24 horas, inclusive dos restaurantes, um deles Fasano. 2.500 vagas de estacionamento. Heliponto para 2 helicópteros. A Casa Bandeirista foi preservada e reconstituída e será destinada a um centro cultural.

03 - GOVERNO PAULISTA SUGERE ÁGUA BRANCA PARA ESTAÇÃO DO TREM-BALA NA CAPITAL
Daniel Rittner
Valor, 6 setembro 2012  pA16

São Paulo. Estação Água Branca x estação Campo de Marte. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) está deixando de lado a opção Campo de Marte por conta das implicações restritivas que pode gerar para a aviação; por outro lado a opção Água Branca, poderá funcionar como uma espécie de ‘hub’ (ponto de conexão) de trens regionais. Essa estação já existe, mas será totalmente remodelada para receber 3 trens expressos: SP-Jundiaí; SP-Sorocaba e  SP-Santos. Além disso, a Água Branca terá conexão com a futura linha 6-Laranja do metrô e já faz parte da rede da CPTM, nas linhas 7-Rubi e 8-Diamante.

04 - OBRAS DAS LINHAS DE METRÔ E DE TRENS ESTÃO ABAIXO DO RITMO PROJETADO PELO ESTADO
Guilherme Soares Dias
Valor, 6 setembro 2012  pA16

São Paulo. Com média histórica de construção de 2 km por ano de metrô e de 5 km de linhas de trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), o governo paulista precisa atingir um ritmo produtivo de 8 km de metrô e de 10 km de trens anualmente para alcançar a meta prevista para o período 2012-2015, ou seja, construção de 32 km de metrô e 40 km de linhas de trem.

05 - OS PRIMEIROS 20 ANOS DE UMA BELA HISTÓRIA
O Estado SP, 6 setembro 2012  pD7
ESPAÇO ITAÚ AUGUSTA CELEBRA 20 ANOS COM MOSTRA RETROSPECTIVA
Iuri de Castro Tôrres
Folha SP, 6 setembro 2012  pE6

São Paulo. Salas de cinema – Espaço Itaú. Localizado na Rua Augusta, há 3 semanas o espaço fechou as portas para comemorar 20 anos de cara nova. Entre as inovações, um sistema de lugares marcados para todas as salas do complexo. Mudou o estofamento das cadeiras e o saguão de entrada foi ampliado. Os banheiros da sala 1 foram deslocados, e agora há um discreto desnível, melhorando a visibilidade das fileiras. Porém melhorias de som e projeção ficaram para 2013.

06 - DIRETO DA FONTE
Sonia Racy
O Estado SP, 6 setembro 2012  pD2
 
Veneza. Bienal de Arquitetura. Marcio Kogan, acaba de regressar. Apresentou o filme-instalação Peep, na Bienal.

São Paulo. Estádio SPFC. Nem a recente liberação do Conpresp, animou Juvenal Juvêncio. Na conta do presidente do SPFC, tem conselheiro – aliado a moradores do bairro – patrocinando liminares para atrasar as obras de reforma do Morumbi.

07 - SEM PRAÇA, CRIANÇA FICA A 6 QUILÔMETROS DO LAZER
Lucilene Oliveira
Diário SP, 6 setembro 2012  p13

Guarulhos. Jardim Taboão. Uma das poucas praças do bairro, a Vicente Francisco Campos, em vez de ser lugar para a diversão da criançada nas horas vagas, mais parece um depósito de lixo e brinquedos quebrados, sujos, enferrujados. O Local mais próximo dista 6 km, o Parque Bosque Maia, obrigando os interessados a andar mais de hora ou pegar duas conduções.
 
08 - BRILHO PERMANENTE
Silas Martí
Folha SP, 6 setembro 2012  pE1

Inhotim. Brumadinho. MG. Em parelelo à Bienal de SP, Inhotim abre hoje dois novos pavilhões com trabalhos de Lygia Pape e Tunga. Mata adentro, o megacentro de arte contemporânea nos arredores de Belo Horizonte, um novo pavilhão envidraçado abriga as obras mais importantes de Tunga, um espaço todo aberto que também se molda a partir do entorno. Tunga também fez questão de que seu pavilhão tivesse amplas vistas para a mata circundante. “Queria integrar esse cinturão verde às obras”, diz o artista. “São trabalhos concebidos há muito tempo que se atualizam nesse pavilhão de maneira peculiar.” No caso de Lygia Pape, o efeito é outro. Em vez de uma retrospectiva, a artista tem uma única – e icônica – obra em seu pavilhão, uma peça que marca a transição de suas pesquisas geométricas em desenhos para trabalhos mais monumentais. A instalação de fios dourados ganha em Inhotim arquitetura própria, que se adapta às suas formas.
“É um lugar quase sagrado”, descreve a arquiteta Maria Paz, do Rizoma, escritório que assina os pavilhões de Pape e Tunga. “Queríamos que fosse quase um templo.” O Instituto Inhotim se prepara para construir espaços dedicados às obras de Claudia Andujar, Nuno Ramos, Anish Kapoor e Olafur Eliasson.

09 - MP VAI CAIR, E LEI FLORESTAL FICARÁ COM OMISSÕES
Folha SP, 6 setembro 2012  pA8
MP DO CÓDIGO FLORESTAL ARRISCA-SE A PERDER VALIDADE
Tarso Veloso e Daniela Martins

Congresso. Falta de acordo impede a votação de medida provisória na Câmara. Governo Dilma estuda enviar nova MP para o Congresso e deve descartar a alternativa de editar decretos. Hoje é o último dia para que o assunto seja aprovado na Câmara e encaminhado ao Senado. A MP perde sua validade no dia 8 de outubro.

10 - CÂMARA IMPÕE MAIS CONDIÇÕES Á COMPRA DE TERRA
Tarso Veloso
Valor, 6 setembro 2012  pA7

Congresso. A Comissão de Agricultura da Câmara aprovou ontem um segundo projeto de lei que define a aquisição de terra por estrangeiros. O projeto anterior, aprovado em junho, é parecido com o texto consolidado hoje, mas por questões regimentais, deputados preferiram aprovar novo texto hoje. No futuro, os dois projetos devem ser unidos e transformados em um só. No novo projeto, a principal mudança em relação ao texto antigo é a obrigatoriedade dos compradores dos imóveis rurais em criar um projeto agroindustrial para agregar valor e gerar renda e empregos para a região.

11 - APORTES NO SETOR JÁ SOMAM R$ 1,7 BI
Daniela Meibak, Chiara Quintão e Silvia Fregoni
Valor, 6 setembro 2012  pB1

Construção. Depois de mais um trimestre de resultados ruins e abaixo do esperado, com nova rodada de revisão de orçamentos, redução de margens, consumo elevado de caixa e queda de lançamentos e vendas, o setor de incorporação viu os níveis de endividamento subirem. As empresas em situação mais complicada têm pelo menos mais dois trimestres de desafios pela frente para que consigam, de fato, um alívio financeiro, segundo analistas.

12 - O INOX JÁ ESTÁ CANSANDO. MAS O QUE VEM AGORA?
Ellen Byron (The Wall Street Journal)
Valor, 6 setembro 2012  pB15

Desenho Industrial. Eletrodomésticos. A moda do inox chegou ao fim? Grandes fabricantes estão apostando em possíveis sucessores do acabamento brilhante e luxuoso de eletrodomésticos, que teve uma longevidade surpreendente.Embora o inox, estilo lançado há 25 anos, ainda seja o visual predominante, há sinais claros de que ele já durou demais, embora não haja um sucessor à vista. Já se tentou promover outros visuais, como cobre antigo, bronze, variações de cinza, “aço escovado”, ou mesmo alumínio e outros que lembram o inox, mas nenhum conseguiu derrubar o aço inoxidável. No último fim de semana, a GE lançou refrigeradores, fornos, microondas e lava-pratos num cinza opaco chamado “ardósia”.


05 DE SETEMBRO DE 2012

01 - OSCAR E OS CANDANGOS
Conceição Freitas
Correio Braziliense, 5 setembro 2012  p29

Crônica. Brasília. “faz mais de ano que o Espaço Oscar Niemeyer está fechado. É aquele prédio circular ao lado do Bosque da Constituinte, perto do Espaço Israel Pinheiro. Atenta ao abandono, a Associação dos Candangos Pioneiros de Brasília propôs a locação do imóvel para as atividades dos bravos construtores da nova capital: “Nosso projeto é implantar no local uma biblioteca onde iremos reunir todo o acervo literário da construção de Brasília, e também daqueles que verdadeiramente a construíram”. Parece improvável que o pedido dos candangos seja atendido”. O
Espaço Niemeyer foi criado em 1988. Faz parte da Fundação Oscar Niemeyer, que tem sede no Rio de Janeiro. Carlos Ricardo Niemeyer, bisneto do arquiteto, responsável pelos projetos especiais da Fundação Niemeyer, aguarda aprovação de projeto apresentado ao Ministério da Cultura para, via Lei Rouanet, conseguir recursos destinados à manutenção das instalações do local, para montagem de exposição permanente e acesso virtual ao acervo da Fundação. Indisposto, Niemeyer não tem ido ao escritório estes dias. Completa 105 anos, próximo dia 15 de dezembro.

02 - CASTELO DE CARTAS COM VIDAS HUMANAS
Luís Camargo (procurador-geral do trabalho)
Correio Braziliense, 5 setembro 2012  p17

Brasília. “O que se quer apontar aqui é, na verdade, o outro lado do ritmo acelerado das obras dos estádios – o alto índice de acidentes na construção civil em 2012, boa parte deles ocorrida nas obras para a Copa. Para exemplificar, basta expor os números do Distrito Federal. Nos primeiros 7 meses de 2012, foram 39 acidentes com feridos e 11 mortos, número próximo do total de óbitos em obras no DF em 2011, 17. Os dados apontam uma prática gravíssima no setor de construção civil: o desrespeito às normas de segurança nos canteiros de obras. Tanto é verdade que as principais causas de acidentes são queda de andaimes irregulares, choques elétricos, falta ou utilização incorreta de equipamentos de proteção individual (EPIs) e ausência de redes de proteção e escoras. Também está ligada a outro flagelo do setor: a terceirização das contratações. Prática cada dia mais comum, leva à precarização das relações de trabalho, com perda gradual dos direitos sociais e trabalhistas.”

03 - ENTREVISTA ALDO PAVIANI
Gizella Rodrigues
Correio Braziliense, 5 setembro 2012  p24

Brasília. O geógrafo e professor emérito da UNB, Aldo Paviani, chama a atenção para o crescimento das cidades goianas ao redor do DF e para a necessidade de investimentos específicos na região, em entrevista para o jornal. “Por que o senhor rejeita o termo entorno? Qual outro termo deveria ser mudado? Entorno é um termo pejorativo, criado pela falta de outro. Entorno vem de entornar, que é despejar alguma coisa para fora do núcleo. Além disso, é um termo que não retrata o processo formador da região metropolitana. O território goiano contíguo apresenta profundos laços sociais e econômicos com o DF e está, funcionalmente, atuando como parte da metrópole brasiliense. Também acho que as regiões administrativas deveriam voltar a ser chamadas de cidades-satélites, o próprio Lúcio Costa as chamou assim.”

04 - DO LEITOR
Correio Braziliense, 5 setembro 2012  p16

Brasília. 2 cartas de leitores a respeito de critérios para denominar edifícios, obras de arte e vias públicas, por conta do assunto do momento: alterar o nome da ponte Costa e Silva, por ter sido ditador nos anos de chumbo. Outro leitor se queixa da atuação do diretor do Parque Olhos d’Água, retirando árvores de grande porte e animais do parque.

05 - HORA DE CLICAR AS ÁRVORES DO CERRADO
Mariana Laboissière
Correio Braziliense, 5 setembro 2012  p32

Brasília. Paisagismo. Depois do sucesso dos ipês-amarelos, que receberam quase 90 mil votos de internautas, o Correio Braziliense vai lançar no fim do mês mais um concurso cultural de fotografias. Amadores e Profissionais poderão participar da disputa que irá eleger a árvore mais bonita do cerrado, desde que se tratem de espécies nativas do bioma do Distrito Federal. No mês passado, os votantes escolheram as imagens mais belas de ipês-amarelos do DF entre as 796 imagens enviadas. O professor de botânica da UNB, José Elias de Paula, esclarece que as mais comuns são pau-santo, pau-terra, aroeira, faveira, carvoeiro, bate-caixa, gomeira, caliandra, cagaita, envira, amargoso e arnica. Informações históricas sobre a arborização de Brasília, estão descritos no livro Arborização urbana no Distrito Federal – História e Espécies do Cerrado, publicado este ano pela Novacap.

06 - SEM-TETO FECHA RÉGIS E RODOANEL POR 3 HORAS
Folha SP, 5 setembro 2012  pC1

São Paulo. Embu das Artes. Pinheirinho de Embu. Com barricadas de fogo, manifestantes interditam as rodovias e tumultuam a volta para casa na hora do rush. Objetivo era exigir do governo do Estado a construção de casas; polícia negocia, mas não tenta liberar vias. Percurso de 30 minutos foi feito em 3 horas. A manifestação ocorreu no km 279 em Embu das Artes. O protesto foi organizado pelo MST, que disse ter reunido 1.500 manifestantes que para a Policia Militar, não passaram de 200. Os manifestantes pediam a construção de casas populares em um terreno no Parque Pirajussara. O protesto terminou quando representantes do Estado negociaram uma reunião com a Secretaria da Habitação na próxima terça-feira às 11 horas. O terreno de 450 mil m2 pertence à CDHU e poderia abrigar 1.500 famílias. Invadido em março, o terreno abriga cerca de 2.800 famílias, segundo o MST.

07 - PROTESTO DE SEM-TETO FECHA A RÉGIS POR 2H30
William Cardoso
O Estado SP, 5 setembro 2012  pC4

São Paulo. Embu das Artes. Por meio de nota, a Secretaria de Estado da Habitação e a Companhia de desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) informaram que a área invadida, onde serão construídas 1,3 moradias populares, pertence à CDHU. Decisão judicial, em favor de ambientalistas, impede o início das obras. A CDHU já recorreu.

08 - APÓS FOGO, FAVELA COMEÇA A SE REERGUER
Artur Rodrigues
O Estado SP, 5 setembro 2012  pC4

São Paulo. Favela Sonia Ribeiro. Morro do Piolho. Crianças ajudam os pais na reconstrução, vendendo metal retirado dos escombros. A prefeitura informou que as 285 famílias que perderam seus barracos já estavam cadastradas pela Secretaria Municipal de Habitação desde 2010. Agora receberão auxílio-aluguel durante 6 meses e depois serão incluídas no Programa Parceria Social.

09 - EDIFÍCIO-GARAGEM NA 25 DARÁ LUGAR A SHOPPING
Monique Abrantes e Tiago Dantas
O Estado SP, 5 setembro 2012  pC3
São Paulo. Centro. Prefeitura vai desapropriar e derrubar prédio GARAGE PARQUE de 31 andares que esconde ‘colina histórica’ para no local erguer um centro de comércio. O edifício-garagem na rua 25 de Março é considerado um “obstáculo visual” entre a várzea do Rio Tamanduateí e a chamada colina histórica, onde fica o Pátio do Colégio e a Catedral da Sé. O centro de compras terá 4 pavimentos, um mirante e um setor de bares e restaurantes, área total construída de 10 mil m2. Esta operação faz parte da 2ª fase de revitalização do Parque Dom Pedro II. A primeira já realizada, incluiu a demolição dos edifícios São Vito e Mercúrio. A desapropriação deve custar cerca de R$ 5 milhões. O edifício-garagem foi erguido nos anos 80. Oferece 630 vagas de estacionamento e no térreo, lojas. O plano da prefeitura prevê a construção de 2.600 vagas, parte delas em uma garagem subterrânea na Praça Fernando Costa. Para o urbanista Valter Caldana, diretor da FAU-Mackenzie, a demolição é bem vinda. “Esse prédio nem deveria ter sido construído. Ele é um entrave em uma das paisagens mais importantes de São Paulo.” A secretária executiva da União dos Lojistas da 25 de Março e Adjacências (Univinco), disse acreditar que a região não precisa de mais um centro de compras. “A rua 25 tem 38 shoppings. Muitos boxes estão vazios, e por outro lado, vagas de estacionamento estão em falta por aqui.” O projeto de revitalização para o Parque Dom Pedro II foi dividido em 4 fases: fase 1 – demolição do São Vito e Mercúrio e mais 33 imóveis para construção de unidade do Sesc; fase 2 – centro de compras da 25 de março e construção de pontilhão sobre o Rio Tamanduateí; fase 3 – túnel de 1,7 km da Avenida do Estado, entre a ligação Leste-Oeste e a avenida Mercúrio; fase 4 – transferência dos terminais Parque Dom Pedro II e Expresso Tiradentes para o lado da Estação Pedro II do Metrô.

10 - ACIDENTE EM OBRA DEIXA UM MORTO E 2 FERIDOS
Gheisa Lessa
O Estado de SP, 5 setembro 2012  pC3

São Paulo. Shopping Metrô Tucuruvi. Um operário morreu e outros 2 ficaram gravemente feridos na manhã de ontem durante o desmoronamento de uma rampa de acesso da obra do Shopping. A Corregedoria da Defesa Civil explicou que uma rampa de acesso entre um andar e outro construído no interior do shopping caiu e sobre ela estavam os operários envolvidos no acidente. A estrutura de concreto tinha cerca de 15 metros e estava no 6º andar do edifício.

11 - OPERÁRIO MORRE EM DESABAMENTO DE OBRA DE SHOPPING NO TUCURUVI
Diário SP, 5 setembro 2012  p4

São Paulo. Shopping Metrô Tucuruvi. O presidente do Sintracon (Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de SP) disse que houve falha no escoramento da obra, à rua Paulo de Faria, pela empresa JHSF. Concluída a obra, terá 34 mil m2 de área, cinco pisos e aproximadamente 250 lojas.

12 -EM SP, SECA DE 7 SEMANAS JÁ AMEAÇA O ABASTECIMENTO DE ÁGUA NO INTERIOR
Ricardo Brandt
O Estado SP, 5 setembro 2012  pC1

Campinas. Jundiaí. Piracicaba. São Paulo. Sem chuvas há 49 dias, o nível dos rios que abastecem as regiões de Campinas, Jundiaí, Piracicaba, começou a baixar e ameaça o fornecimento de parte dos 5 milhões de habitantes dos municípios que integram a bacia hidrográfica do Piracicaba-Capivari-Jundiaí. A baixa umidade relativa do ar tem elevado a ocorrência de queimadas.

13 - FOGO DESTRÓI 96 HECTARES DE VEGETAÇÃO EM BRASÍLIA
Vannildo Mendes
O Estado SP, 5 setembro 2012  pC1

Brasília. Sem chuva há 80 dias, chamas de até 10 m de altura consumiram animais, árvores, pastos, cercas, rede elétrica e benfeitorias na região de chácaras do Colorado, a 10 km do Plano Piloto, entre o Lago Norte e a cidade de Sobradinho. Os incêndios somam mais de 30 focos por dia. Desde maio foram 3.125 ocorrências, quase 50% a mais do que no ano passado, que já destruíram 4.669 hectares.

14 - NOVA CENTRAL DO BRASIL VAI JUNTAR ANTIGO E MODERNO
Heloisa Aruth Sturm
O Estado SP, 5 setembro 2012  pC1 e pC8

Rio de Janeiro. A estação Central do Brasil, estilo art déco, cartão postal carioca, passará por uma grande modernização que custará R$ 300 milhões. O investimento faz parte da estratégia da Supervia para recuperar 99 estações ferroviárias até 2020. A estação Central do Brasil, construída entre 1937 e 1943 para substituir a antiga estação D. Pedro II, de 1858, e é uma das mais representativas do Estado Novo. A composição em estilo aerodinâmico e o coroamento escalonado da torres são de autoria de Roberto Magno de Carvalho e de dois arquitetos do escritório Robert Prentice, os húngaros Gèza HellerAdalberto Szilard. Como é parcialmente tombado precisa passar pelo crivo do Iphan. Aprovado o projeto, espera-se que as obras estejam concluídas em 2 anos. Serão recuperados afrescos, pisos de granito e paredes de mármore. A torre do relógio tem 134 metros de altura. Responsável pelo projeto o arquiteto Aníbal Sabrosa Gomes da Costa, da RAF Arquitetura.

15 - CHAFARIZ REINAUGURADO NO RIO
Diário SP, 5 setembro 2012  p 17

Rio de Janeiro. O Chafariz da Glória, de 1742 foi reinaugurado ontem. O monumento voltou a ter água nas suas bicas e ganhou nova iluminação. É tombado pelo Iphan desde 1938. Ele é composto por uma cantaria de gnaisse, 4 bicas e 2 pilastras em alto relevo curvo.

16 - CIDADE PEDE AJUDA PARA RECUPERAR OBSERVATÓRIO
O Estado SP, 5 setembro 2012  pC8

Americana. Infiltrações, rachaduras, goteiras e janelas estragadas ameaçam os equipamentos do Observatório Municipal de Americana. Aberto em 1985, foi o 2º do país para o ensino popular de Astronomia. Um projeto para transformar o prédio em planetário foi apresentado há um ano, mas não saiu do papel. A prefeitura informou ter enviado pedidos de ajuda financeira aos governos estadual e federal e aguarda retorno.

17 - PARQUE DA CIDADE VAI GANHAR 300 HECTARES
O Estado SP, 5 setembro 2012  pC8

Jundiaí. Parque da Cidade. Hoje com 50 hectares, em 2013 quando estiver concluído, o Parque da Cidade terá 350 hectares, anunciou a prefeitura. A nova área terá anfiteatro, museu a céu aberto, restaurante e trilhas ecológicas. A ciclovia será ampliada dos atuais 2,7 km para 7,2 km.

18 - OBRA EMBARGADA NA SANTA CASA É LIBERADA POR ÓRGÃO DO PATRIMÔNIO
Folha SP, 5 setembro 2012  pC8

São Paulo. Santa Casa de misericórdia. Condephaat aprovou ontem o projeto do novo prédio da Faculdade de Medicina da Santa Casa, cuja obra estava embargada há seis meses, por excesso de altura. As obras começaram o ano passado, sem aprovação prévia do Condephaat.

19 - INQUÉRITO DE SHOPPING MANTIDO.
Diário SP, 5 setembro 2012  p5

São Paulo. Shopping Pátio Higienópolis. O Conselho Superior do Ministério Público negou ontem pedido para trancar o inquérito que investiga o pagamento de propinas a agentes públicos durante a reforma do shopping. O pedido foi feito pelas empresas investigadas.

20 - TESOURO RECUPERA US$ 7 MI DE LALAU
Correio Braziliense, 5 setembro 2012 p4
SUÍÇA VAI DEVOLVER R$ 14 MI ROUBADOS POR LALAU DO TRT
Diário SP, 5 setembro 2012 p16
JUSTIÇA SUÍÇA AUTORIZA REPATRIAÇÃO DE R$ 6,8 MILHÕES DE LALAU
Valor, 5 setembro 2012  pA6
SUÍÇA DEVOLVE US$ 6,8 MILHÕES DO EX-JUIZ NICOLAU PARA O BRASIL
Folha SP, 5 setembro 2012  pA9

São Paulo. Sede do TRT. A justiça da Suíça autorizou nesta semana a repatriação de US$ 6,8 milhões que estavam bloqueados, desde 1999, na conta do juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto, 84, envolvido no escândalo de superfaturamento do Fórum Trabalhista de SP (TRT-SP).

21 - META DA ARGO É LANÇAR UM SHOPPING A CADA 30 MESES
Chico Santos
Valor, 5 setembro 2012  pB4

Itaboraí, RJ. Argo, empresa criada em 2008, que tem como meta abrir um shopping a cada 30 meses, está construindo o Itaboraí Plaza para operar no início de 2014, investimento de R$ 200 milhões que congrega shopping, dois prédios de escritórios, um residencial com mil unidades, um hotel e um supermercado. Itaboraí é uma cidade pobre da região metropolitana do Rio de Janeiro, de 218 mil habitantes, urbanização precária e renda per capita de R$ 8.792,05. Tornou-se um pólo de atração de investimento a partir da decisão da Petrobrás de ali instalar o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em obras para operar em 2014. Segundo Hugo Matheson Drummond, um dos fundadores da Argo, a indústria de shopping centers, que chegou ao Brasil no final da década de 70, vem reduzindo o tamanho das cidades escolhidas para receber esses empreendimentos. Hoje, segundo ele, já há empresas buscando localização em cidades de 120 mil habitantes.

22 - CICLORROTA TURÍSTICA JÁ TEM ESPAÇO DISPUTADO POR PEDESTRES E CICLISTAS
Thiago Azanha
Folha SP, 5 setembro 2012  pC4

São Paulo. Centro. Quem circula a pé pelas ruas do centro de São Paulo já começa a se acostumar com a idéia de dividir a calçada com as bicicletas. A prefeitura começou a pintar o trajeto da ciclorrota de vermelho no fim do mês de agosto, que passará por pontos de interesse como o Teatro Municipal e a Faculdade de Direito. Deverá estar pronta até ao final deste mês.

23 - PROGRAMA DE KASSAB FALHA E NÃO EVITA INCÊNDIO EM FAVELA-MODELO
Rogério Pagnan, Bruno Benevides, Pedro Ivo Tomé e Maria Martin
Folha SP, 5 setembro 2012  pC6

São Paulo. Favela Sonia Ribeiro. Morro do Piolho. Programa de prevenção contra fogo da comunidade do Piolho era tido como exemplo na capital. Dias antes do incêndio, prefeitura disse que Previn estava ‘em pleno funcionamento’ em 50 comunidades. Criado pela gestão Kassab, em outubro de 2010, esse programa chamado Previn, teve como berço justamente essa favela. “Um laboratório para o desenvolvimento do Previn e um exemplo para ser aplicado nos outros 50 assentamentos da cidade”, dizia a prefeitura em março de 2011 durante lançamento oficial.

24 - MP DO CÓDIGO FLORESTAL ENTRA EM PAUTA SEM ACORDO
Tarso Veloso
Valor, 5 setembro 2012  pA12
GOVERNO TENTA VOTAR CÓDIGO, MAS HÁ IMPASSE
Denise Madueño
O Estado SP, 5 setembro 2012  pA14
LEI FLORESTAL CORRE RISCO DE ‘BURACO NEGRO’ DIZ RURALISTA
Folha SP, 5 setembro 2012  pA7

Medida provisória vai a votação hoje na Câmara. Deputados ruralistas dizem que só votam hoje a MP se Dilma não vetar partes do texto.

25 - PROBLEMAS EM PRESÍDIOS TERÃO PUNIÇÃO, DIZ MINISTRO
Gabriela Guerreiro
Folha SP, 5 setembro 2012  pC7

Governo suspendeu o repasse de verba para 8 estados por suspeitas de direcionamento e superfaturamento. Envolvidos em irregularidades em obras serão excluídos, diz Cardozo.


04 DE SETEMBRO DE 2012

0 - THOM MAYNE FALA NO TOMIE OHTAKE
O Estado SP, 4 setembro 2012  pD4

Palestra com o arquiteto norte-americano Thom Mayne, Pritzker Prize de 2005, HOJE no Instituto Tomie Ohtake, às 16 horas. Ele abre a mostra Morphosis, que vai até novembro. São 86 maquetes referentes a 7 projetos. Entre eles, o Phare Tower, edifício comercial em Paris e a sede do  Giant Interactive Group Corporative, em Shangai.

01 - TERRENO NO PINHEIRINHO COMEÇA A SER LEILOADO
Diário SP, 4 setembro 2012  p15

02 - COM LANCE DE R$ 187 MILHÕES, COMEÇA LEILÃO DO PINHEIRINHO EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
O Estado SP, 4 setembro 2012  pC4

São José dos Campos. O resultado do leilão sai no dia 3. A casa de leilões Sodré Santoro começou a receber propostas para o leilão do terreno, conhecido como Pinheirinho, em São José dos Campos.
No km 103 da Via Dutra, o local foi palco de uma ação de reintegração de posse em janeiro, para a remoção de mais de 1,5 mil famílias da área de 1,3 milhões de m2, ocupada a cerca de 8 anos. A venda está avaliada em R$ 187 milhões e o valor será usado para pagar dívidas com credores da massa falida da empresa Selecta, do grupo de Naji Nahas, dona do terreno. O local é considerado área industrial pela Lei de Zoneamento do município e 45% da área são de proteção ambiental.

03 - FAMILIAS LUTAM CONTRA DESPEJO
Diário SP,  4 setembro 2012  p15

Sorocaba. Moradores da Estrada da Serrinha, bairro Brigadeiro Tobias, fizeram um protesto ontem em frente à Prefeitura contra uma ação de reintegração de posse do terreno onde vivem.

04 - MORADIA POPULAR / 3 MIL SEM-TETO FECHAM RUAS DO CENTRO DE SP
O Estado SP, 4 setembro 2012  pC4

Centro de São Paulo. Eles protestaram contra a política de habitação do governo federal e cobram a destinação de prédios públicos da região para moradia popular. O mesmo grupo ocupara na madrugada um prédio do INSS. 

05 - DEFICIENTE CRITICA CALÇADA ACESSÍVEL DA AMARAL GURGEL
Juliana Deodoro
O Estado SP, 4 setembro 2012  pC3

Centro de São Paulo. Avenida Amaral Gurgel. Depois de 2 anos de obras de readequação, a calçada foi entregue este mês. O projeto aprovado pela Comissão Permanente de Acessibilidade da Secretaria da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, teve orçamento de R$ 930 mil e previa calçadas acessíveis, com piso em concreto moldado e canteiros de árvores perto das guias. O jornal fez um teste com um professor convidado. Surpresa: o piso direcional levava diretamente à parede de uma lanchonete! Prefeitura diz que segue regras da ABNT. Estas normas, piso tátil estão em discussão.
4 fotografias ilustram com clareza o piso tátil conduzindo à parede.

06 - CURATIVOS ‘TRATAM’ BURACOS DE SP
Juliana Deodoro
O Estado SP, 4 setembro 2012  pC3

São Paulo e Rio de Janeiro. A preocupação com questões urbanas motivou 6 jovens a intervir de forma criativa nas ruas e calçadas de São Paulo e Rio de Janeiro. Durante o mês passado, o grupo formado por publicitários, jornalistas e arquitetos colou mais de 100 curativos em buracos de calçadas das 2 cidades. O projeto batizado de Curativos Urbanos tem o objetivo de conscientizar a população e o poder público sobre as dificuldades de mobilidade. Em São Paulo, no primeiro momento colocaram os curativos na Avenida Paulista e num segundo momento “curou” passeios da região central, perto da Consolação e avenida São João. O próximo passo ainda não foi decidido. Mas a próxima cidade será Porto Alegre.

07 - OBRA DA SANTA CASA É EMBARGADA POR ÓRGÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO
Thiago Azanha
Folha SP, 4 setembro 2012  pC4

Centro de São Paulo. A Santa Casa ocupa o quadrilátero formado pelas ruas Cesário Mota, Marques de Itu, Veridiana e Jaguaribe. E é rente ao muro da Rua Jaguaribe que o edifício em obras a ser ocupado pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa, já no 4º piso, foi embargado pelo Condephaat, por não ter tido o projeto arquitetônico aprovado antes do início da construção. A obra está parada há 6 meses. Foi apresentado um projeto após o embargo, porém não foi aprovado. Um novo projeto aguarda liberação pelo Condephaat. O edifício foi inaugurado em 1884 e é de autoria do arquiteto italiano Luigi Pucci, vencedor de um concurso de arquitetura em 1879. Em agosto de 2010 o Condephaat, da Secretaria de Cultura do Estado, tombou o conjunto arquitetônico da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, pela “importância do prédio principal”, e a contribuição da Santa Casa para o desenvolvimento das práticas médicas no Estado. A Faculdade de Ciências Médicas, mantida pela Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, começou a funcionar no local em 1963. Excelente fotografia a cores, do edifício tombado e da obra embargada.

08 - CONTRA ENCHENTES, SÃO PAULO TESTA BUEIROS SUSTENTÁVEIS
Fernanda Kalena
Folha SP, 4 setembro 2012  pC3

São Paulo. Ao todo, 400 bocas de lobo receberam um cesto plástico, que acoplado ao bueiro, funciona como um filtro, que retém os resíduos e escoa a água. Cada cesto tem um sensor que avisa quando está 80% ocupado para ser limpo. A região noroeste da cidade tem cerca de 180 mil bueiros, mas só 5 mil em condições de receber este cesto, que leva apenas 5 minutos para ser esvaziado. Para o professor Paulo Pellegrino da FAU-USP a medida é emergencial e não uma solução ‘mágica’ para o entupimento dos bueiros. As áreas que receberam os cestos foram escolhidas de maneira que o teste contemple adversidades diferentes. Nos ‘jardins’ o cruzamento das ruas Augusta e Estados Unidos, e vias em bairros de Santo Amaro, Vila Leopoldina e Bom Retiro.

09 - GOVERNO SUSPENDE CONSTRUÇÃO DE PRESÍDIOS COM PAREDES FINAS
José Ernesto Credendo
Folha SP, 4 setembro 2012  pC1

Para engenheiro, celas poderiam ser derrubadas com um golpe de marreta; tetos com risco de desabar e indícios de superfaturamento também levaram o governo federal a suspender verbas para a construção de presídios em 8 estados. O programa envolve cerca de R$ 1,1 bilhão e visa reduzir o déficit de vagas no sistema prisional. A medida foi adotada depois que chegaram ao ministério laudos elaborados pelo Instituto de Criminalística, da Polícia Federal, em presídios em construção em Santa Catarina. O jornal obteve cópias dos relatórios. Nas paredes das celas, por exemplo, o contrato exigia 7,5 cm de espessura de concreto, mas, de acordo com o laudo, ele não superava 3,5 cm. Mas o normal seriam paredes com 15 cm ou mais, de espessura. Os serviços com repasses suspensos em 8 estados estão a cargo da empresa VERDI Construções, de Erechim (RS), por meio de um método chamado de SISCOPEN, que usa sistemas modulares de construção, o que agiliza as obras. Porém outros órgãos não detectaram irregularidades, diz a Verdi: “TCU, PF, e MPF já reconheceram que não há ilícito penal algum na contratação e construção das obras”.

10 - ESPERA POR CONCLUSÃO DE OBRAS JÁ DURA 30 ANOS
Samantha Henzel
Diário SP, 4 setembro 2012 

São Paulo. Cidade A.E.Carvalho, zona leste. Moradores reclamam que obras de canalização do Córrego Jacu-Peval estão paradas há pelo menos 30 anos. O trecho sem canalização vai da Rua Tuiuva à Rua Camuengo e tem quase 2 km de extensão. Ninguém sabe por que não foi finalizado. A prefeitura informa que o córrego está totalmente canalizado desde 2004. Até o fechamento da edição do jornal, a Siurb (Secretaria Municipal de Infra-estrutura Urbana e Obras) não informou se existe algum projeto para finalizar a canalização do Córrego Jacu-Peval.

11 - FOGO EM FAVELA DEIXA 1.140 DESABRIGADOS
Camila Brunelli
O Estado SP, 4 setembro 2012  pC5

São Paulo. Campo Belo. Morro do Piolho. O 32º incêndio do ano em favela de São Paulo, na tarde de ontem, deixou 1.140 desabrigados e 3 feridos. O Fogo destruiu 290 dos 700 barracos da Favela Sônia Ribeiro, conhecida como Morro do Piolho, na zona sul. 56 anos tem a ocupação da Favela Sônia Ribeiro.

12 - INCÊNDIO DESTRÓI FAVELA NO CAMPO BELO
Giba Bergamim Jr.
Folha SP, 4 setembro 2012  pC7

Moradores de casas e prédios de classe média do entorno também tiveram de sair. Em 2011, em toda a cidade, fôram 79 ocorrências de fogo, número mais baixo registrado desde 2008. A favela fica em área onde ocorre a operação urbana Águas Espraiadas, que prevê a revitalização. Pela região passará o monotrilho da linha 17-ouro do metrô.

13 - INCÊNDIO NA ZONA SUL DESTRÓI UMA FAVELA E DEIXA 3 PESSOAS FERIDAS
Diário SP, 4 setembro 2012  p4

14 - APÓS CONCESSÃO, VIRACOPOS ATRAI NOVOS INTERESSADOS
Fábio Pupo
Valor, 4 setembro 2012  pB10

Campinas – São Paulo. Concessionária mantém conversas com América Latina Logística para integração ferroviária com o aeroporto de SP, para passageiros. Hoje há duas possibilidades estudadas pelo poder público: o trem de alta velocidade (TAV) em estudo pelo governo federal, e um trem de velocidade média, encabeçada pelo governo do estado de São Paulo.

15 - OPERADORAS TENTAM OCULTAR E DIVIDIR ANTENAS
Maria Cristina Frias
Folha SP, 4 setembro 2012  pB2

Rio de Janeiro. O Sindicato do setor Sinditelebrasil apresentou à prefeitura do Rio de Janeiro um projeto para disfarçar os equipamentos. O piloto a ser instalado na orla de Copacabana neste ano, vai esconder as antenas atrás de placas de trânsito, nos quiosques ou disfarçá-los em postes de luz. Segundo Levy, diretor do sindicato “estamos trabalhando com arquitetos para verificar pontos geográficos”. Há cerca de 55 mil antenas para celulares no país.

16 - ANEEL QUER LUZ PRÉ-PAGA EM TODO O PAÍS
Julia Borba
Folha SP, 4 setembro 2012  pB3

Rio de Janeiro e São Paulo. Agência está em fase final para regularizar sistema, que é semelhante ao do celular; adesão será facultativa. Equipamento já está em teste em SP e no Rio; medidor apita para avisar que nível de crédito está baixo. Aneel quer implantar o modelo já no ano que vem. O consumidor solicita o serviço e a distribuidora tem até 30 dias para instalar o equipamento dentro de casa. O custo da mudança é da distribuidora. O Consumidor escolhe quantos créditos quer comprar.
Terminando o crédito, o fornecimento é interrompido imediatamente. Nova compra de créditos religa o sistema automaticamente. Como comprar: pela internet, telefone, smart-phones ou pontos de venda.
O consumidor poderá optar pelo pós-pago.

17 - SUÍÇA VAI DEVOLVER AO BRASIL PARTE DO DINHEIRO DESVIADO POR ‘LALAU’.
Jamil Chade
O Estado SP, 4 setembro 2012  pA11

São Paulo. Construção da sede do TRT-SP. Governo do Brasil deve receber US$ 6,8 milhões que estavam em contas do ex-juiz e de sua mulher em bancos suíços. Depois de 12 anos de investigação e processos, a justiça suíça vai devolver aos cofres públicos brasileiros parte da fortuna do ex-juiz Nicolau dos Santos Neto que estava em paraíso fiscal há duas décadas.

18 - UNIFESP GUARULHOS NÃO TERÁ CALOUROS
Paulo Saldaña e Ocimara Balmant
O Estado SP, 4 setembro 2012  pA16

Guarulhos. A Unifesp, Universidade Federal de SP, vai cancelar o ingresso de novos alunos no início de 2013 no campus de Guarulhos. O motivo é a greve dos alunos daquela unidade, que durou 5 meses, e as dificuldades para garantir adequações físicas a todos os alunos no próximo semestre.

19 - ‘NÃO FAZER O QUE A CAIXA FAZ SERIA INCOMPETÊNCIA’
Leandro Modé e Aline Bronzati
O Estado SP, 4 setembro 2012  pB12

Entrevista com o presidente da Caixa Econômica Federal.  Ocupa este cargo o arquiteto baiano Jorge Fontes Hereda, desde março de 2011. Ele chegou ao banco público em 2005, quando assumiu a vice-presidência da instituição. Antes, Hereda foi presidente da Companhia Metropolitana de Habitação de Desenvolvimento Urbano de Diadema, na Grande São Paulo. A CEF é hoje o mais agressivo banco de grande porte do país. Além de expandir o crédito em ritmo superior ao dos principais concorrentes, a instituição anunciou na semana passada a criação de um banco de investimentos, que permitirá a entrada em segmentos onde a Caixa não atua hoje. Para fazer frente a tantos desafios simultâneos, o banco, também na semana passada, recebeu nova capitalização de seu único acionista, o governo federal: R$ 1,5 bilhão, que se somam aos R$ 500 milhões do fim do ano passado.

20 - PARTICIPAÇÃO POPULAR FOI DESCARTADA
Diego Zanchetta e Rodrigo Burgarelli
O Estado SP, 4 setembro 2012  pC8

São Paulo. Paisagismo. Em 2004, a prefeitura lançou um programa inédito de participação popular na gestão de árvores e dos espaços verdes do município. A idéia era que os moradores de cada bairro pudessem se unir para catalogar as árvores de suas vizinhanças e, em decisão colegiada, decidir sobre todos os cortes e podas que seriam feitos nesses exemplares. Oito anos depois, apenas a catalogação das árvores, que foi feita pela própria prefeitura, saiu do papel.

21 - CULTURA NOVOS PROTAGONISTAS
Maria Eugênia de Menezes
O Estado SP, 4 setembro 2012  pD1 e pD6-D7

Estudo inédito World Cities Culture Report, encomendado por Londres, elege as 12 capitais culturais do mundo, cidades emergentes como São Paulo, entram na pesquisa, que mediu dados em 60 categorias nas áreas de literatura, cinema, artes visuais, artes do espetáculo e em setores novos, como o de games. As 12 cidades: Berlim, Londres, Nova York, São Paulo, Paris, Istambul, Johannesburgo, Mumbai, Cingapura, Sidney, Xangai, Tóquio. Número em cada cidade de: salas de concerto; bibliotecas públicas; teatros; visitantes nos 5 mais populares museus e galerias de arte; admissões no cinema por ano; população total...  A intenção é que a cada 3 anos um novo estudo seja produzido.

22 - URBANISMO / BLOQUEIOS DE RUAS E VILAS / FORUM DOS LEITORES
José Luiz de Andrade Figueira
O Estado SP,  4 setembro 2012  pA3

São Paulo. O autor da Lei de nº 10.898 de 5/12/1990, José Luiz de Andrade Figueira, esclarece em carta ao jornal, por conta do editorial Anomalia Paulistana de 1 de setembro, quais foram seus 3 objetivos: 1) preservar vilas históricas que haviam sido construídas no início do século XX; 2) dar maior segurança aos moradores destas vilas e ruas sem saída; 3) acabar com a utilização alternativa dessas vilas e ruas, que estavam virando “drive-in” a céu aberto. “Se posteriormente a lei foi alterada, a responsabilidade não é minha.”

23 - REPÓRTER DA ‘ESTADÃO ESPN’ É PREMIADO
O Estado SP, 4 setembro 2012  pA14

A reportagem A Lenda do Ferroanel, do jornalista Wellington Carvalho, da Rádio Estadão ESPN, veiculada em abril de 2011, foi a vencedora do 6º Prêmio ANTF de Jornalismo 2012, concedido pela Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários. A matéria aborda as dificuldades de implementação do projeto do Ferroanel de São Paulo, apontado como uma alternativa para melhorar o transporte de carga no Brasil.

24 - ART FORUM  /  TRADIÇÃO DE VANGUARDA
Nathalia Lavigne
O Estado SP, 4 setembro 2012  pD8

Revista ARTFORUM. Porta-voz do que há de mais relevante na arte contemporânea, trampolim para artistas em início de carreira e espaço em que crítica e mercado convivem sem interferências, a revista completa 50 anos em 2012. No início deste mês, a edição comemorativa chega às livrarias com mais de 500 páginas e textos assinados por cêrca de 75 artistas e críticos sobre a relação entre arte e tecnologia e o que mudou neste meio século.

25 - IDENTIDADE NACIONAL
Folha SP, 4 setembro 2012  pB2

O Comitê Colbert, entidade que reúne instituições culturais e empresas de luxo francesas, está no Brasil para se reunir com os irmãos Campana e estudar o mercado do país. A dupla de designers que será premiada pela entidade, contribui para o desenvolvimento da identidade e de um conceito de luxo brasileiro.

26 - WARREN BUFFETT E O SETOR IMOBILIÁRIO BRASILEIRO
André Rocha
Valor, 4 setembro 2012  pD2

Na qualidade de analista na avaliação de companhias, André Rocha diz que podemos aprender algumas lições de Warren Buffett. O mercado imobiliário hoje, está em baixa do lado das imobiliárias, por uma série de razões que bem explica. O outro lado do balcão está em alta, o consumidor ávido por residências, não faltando financiamento imobiliário. Configurado o quadro, o analista acha que o pior já passou. A conferir.

27 - 30ª BIENAL DE SÃO PAULO  /  INEDITISMO MARCA NOVA EDIÇÃO DO EVENTO
Camila Molina
O Estado SP, 4 setembro 2012  D3

Será inaugurada hoje para convidados e sexta-feira para o público. A Bienal apresenta 2.900 obras de 111 artistas. 75% dos artistas participantes, possuem trabalhos nunca exibidos. A edição também se espalha por outras instituições da cidade.  O orçamento do evento está avaliado em R$ 22,4 milhões de reais. A Bienal de 2009 recebeu 530 mil visitantes.

28 - BIENAL DE SP ATRAI CIRCUITO ESTRANGEIRO DAS ARTES
Gabriela Longman
Valor, 4 setembro 2012  pD4

A Bienal, atrai curadores, críticos, colecionadores, diretores de museus e galeristas estrangeiros, num fluxo internacional que pelas próximas duas semanas movimenta de maneira ímpar o meio de artes visuais. Se visitantes internacionais sempre circularam pela Bienal em maior ou menor número, talvez a grande novidade seja o envolvimento efetivo de curadores estrangeiros de projetos de arte contemporânea no país. Mais do que um local a ser visitado, o meio artístico brasileiro parece ter-se tornado campo de trabalho fértil para esses profissionais. Talvez o exemplo mais notável seja o projeto que o suíço Hans-Ulrich Obrist, espécie de astro pop no meio da arte contemporânea, criou para a Casa de Vidro de Lina Bo Bardi (1914-1992). Aguardada desde que foi anunciada em abril do ano passado, a exposição envolvendo artistas como Alexander Calder, Cildo Meireles, Douglas Gordon, Gilbert & George, Paulo Mendes da Rocha e Waltércio Caldas precisou ser adiada para novembro, mas uma ação intitulada “Prelúdio” (uma apresentação apenas para convidados) foi mantida no dia 5 de setembro justamente para aproveitar a efervescência.

29 - SÃO PAULO VIRA UM PONTO DE ENCONTRO DE CURADORES
Fabio Cypriano
Folha SP, 4 setembro 2012  pE4

A semana de abertura da 30ª Bienal de São Paulo, tornou-se uma plataforma de pesquisa e de divulgação de outras bienais ao redor do mundo. Estão em São Paulo os curadores Fulya Erdemci da Bienal de Istambul, Lauren Cornell da Trienal do New Museum (Nova York), Gunnar Kvaran da Bienal de Lyon, Yuko Hasegawa da Bienal de Charjah (Emirados Árabes), Sofia Hernandez Chong Cuy da Bienal do Mercosul e Massimo Gioni da Bienal de Veneza.

30 - BIENAL 2012  /  CONSTELAÇÃO SEM ESTRELAS
Fabio Cypriano
Folha SP, 4 setembro 2012

Suplemento especial de 12 páginas, do jornal Folha de SP, dedicado à 30ª Bienal de São Paulo.

31 - ESPECIAL RESÍDUOS SÓLIDOS  /  TAREFA COLETIVA 
Valor, 4 setembro 2012

Suplemento especial de 6 páginas dedicado à questão de resíduos sólidos. Indústria, comércio varejista, cooperativas e prefeituras movimentam-se para mudar a realidade do lixo. Matérias: Tarefa coletiva; Setor privado desenvolve proposta de acordos setoriais; Prefeituras começam a cumprir lei da coleta; Programas avançam em cidades de médio porte; Consenso exigiu duas décadas de negociações; Transição envolve riscos para catadores; Embalagem ganha parâmetro verde com o ‘ecodesign’; Modelo prevê R$ 70 milhões para inovação tecnológica; Preço e estímulo à coleta são bases para reciclagem; Lei está aquém de demandas da logística reversa; e Consumidor tem papel fundamental.

 
IAB - Direção Nacional IAB - Direção Nacional
IAB - Direção Nacional
 
Rua Bento Freitas, 306, 4º andar - Vila Buarque
01220-000 - São Paulo - SP
CNPJ: 46.226.148/0001-40
Tels. (11) 3259-6866 | 3259-6597
iabsp@iabsp.org.br  
 
IAB - Direção Nacional