Abrindo Caminhos: Preparativos para a 13a Bienal. Movimento Decolonial e América Latina

Abrindo caminhos para a 13ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo, teremos uma conversa com arquiteta e professora da UNILA – Universidade Federal da Integração Latino-Americana, Andréia Moassab e Nilce Aravecchia Botas, Arquiteta e Urbanista e professora do Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto da FAU USP – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Como mediadora Viviane Sá, arquiteta e urbanista, professora da UNIP- Universidade Paulista e co-curadora da Bienal junto à equipe Travessias.

O evento será realizado na plataforma Zoom no dia 07 de dezembro, às 18:30h, com emissão de certificado.

Vagas limitadas. Inscreva-se aqui!

Terça-feira

07 de dezembro
18h30

Convidadas:

Andréia Moassab

Arquiteta e urbanista, doutora em Comunicação e Semiótica. Docente da UNILA – Universidade Federal da Integração Latino-Americana, no curso de Arquitetura e Urbanismo e no mestrado em Políticas Públicas e Desenvolvimento. Autora do livro “Brasil Periferia(s): a comunicação insurgente do hip-hop”, finalista do Prêmio Jabuti 2013, na categoria ciências humanas. É também autora do livro “Morar na Barranca: habitação, desenvolvimento territorial e tecnologia social na região”, com Egon Vettorazzi. Organizou, com Leo Name, o livro “Por um Ensino Insurgente em Arquitetura e Urbanismo”, premiado como 2º melhor livro de 2021 em ciências sociais aplicadas, pela ABEU – Associação de Editoras Universitárias. É coordenadora do MALOCA – Grupo de Estudos Multidisciplinares em Urbanismos e Arquiteturas do Sul.

 

Nilce Aravecchia Botas

Arquiteta e Urbanista pela Universidade de São Paulo (2000), mestre (2005) e doutora (2011) pela Universidade de São Paulo. Docente do Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto da FAU USP. Tem experiência na área de arquitetura e urbanismo, com ênfase nas pesquisas em história da habitação social e dos processos de urbanização nas questões do desenvolvimento no Brasil e na América Latina. É autora de Estado, arquitetura e desenvolvimento: a ação habitacional do Iapi (FAP-Unifesp, 2016). Lidera o grupo de pesquisa Cultura, Arquitetura e Cidade na América Latina (CACAL) e integra o Laboratório para Outros Urbanismos (FAU USP).

—-
Adicione a programação do iabsp na sua agenda pessoal! Clique aqui