Exposição Calder, Diálogos

VIÚVANEGRA NA SEDE DO IAB SÃO PAULO, UM PATRIMÔNIO CULTURAL

Instituição inaugura mostra artística trazendo reflexões sobre a icônica obra Viúva Negrado escultor norte-americano Alexander Calder

No sábado, dia 19/11, às 17 horas, o Instituto de Arquitetos do Brasil –Departamento de São Paulo (IABsp) inaugura a exposição “Viúva Negra em movimento”, com instalações artísticas audiovisuais e projeções de imagens históricas da icônica obra do escultor norte-americano Alexander Calder (1898-1976). A atividade cultural integra as ações de implementação do “Viúva Negra (BlackWidow): Plano de Gestão e Conservação”, que será lançado às 17h30min, no mesmo dia e local, com a presença dos autores Silvio Oksman, Sabrina Fontenele e Renato Anelli, também curadores da exposição.

Amostra sensorial promovida pelo IAB São Paulo é gratuita e segue até o dia 17de dezembro, provocando uma reflexão sobre o papel do móbile Viúva Negra de Calder, sua ausência e seu futuro, além da relação com a arquitetura, artes, sociedade e democracia. A visitação ocorre das 10h às 19 horas, de segunda a sexta-feira.

“Agora que a Viúva Negra volta de Nova Yorkapós um período em restauro na Fundação Calder, lançamos o Plano de Gestão e Conservação do móbile, com ações que tanto reforçam quanto se alimentam da posição do IAB São Paulo como plataforma da cultura arquitetônica e urbanística brasileira”, destaca Fernando Túlio, presidente do IABsp.

A primeira ação do Plano de Gestão ocorreu com o lançamento da mostra Calder: Diálogos” no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC-USP) inaugurada no dia 05 de novembro e que segue em cartaz até 5 de fevereiro. A exposição no MAC tem como destaque a obra Viúva Negra ,com 3,5 metros de altura e 2 metros de comprimento. A obra – um móbile criado em 1948 – foi cedida em comodato ao MAC pelo Instituto de Arquitetos do Brasil(IAB), em São Paulo, a quem ela foi doada pelo artista.

A instalação do móbile Viúva Negra, em 1954,no recém-inaugurado edifício IAB – Instituto de Arquitetos do Brasil, em São Paulo, foi acontecimento representativo de um momento em que a arquitetura brasileira e sua peculiar elaboração do princípio da síntese das artes ganhavam o mundo. O móbile Viúva Negra é tombado juntamente com o edifício do IABsp pelos órgãos de preservação municipal (CONPRESP,2015), estadual (CONDEPHAAT,2002) e federal (IPHAN, 2015) como patrimônio cultural.

“Ainda que não criado especificamente para a sede do IAB São Paulo, o móbile Viúva Negra estabeleceu com este espaço uma relação de indissociabilidade, fazendo parte do imaginário dos arquitetos paulistas e constituindo documento importante na história do edifício, da instituição, da arquitetura moderna e da cidade de São Paulo. Um agente d dinâmica circulação das ideias em meados do século 20 e dos desafios enfrentados pela arquitetura paulista”, explica Mônica Junqueira de Camargo, professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, onde é Chefe do Departamento de História e Estética do Projeto.

 

VIÚVA NEGRA BLACK WIDOW
PLANO DE GESTÃO E CONSERVAÇÃO

EQUIPE TÉCNICA

COORDENAÇÃO
Silvio Oksman
Renato Anelli
Sabrina Fontenele

COLABORAÇÃO
Roberta Saraiva
Luisa Nadalutti
Emerson Fioravante
Allan Pedro Santos Silva

TRADUÇÃO
Ellen Heyward

AGRADECIMENTOS
Instituto Moreira Salles (IMS)
Calder Foundation
Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC-USP)
Cerâmica Atlas

SERVIÇO
O que: Exposição “Viúva Negraem Movimento” e lançamento do “Viúva Negra (Black Widow): Plano de Gestão eConservação”.
Quando: Abertura sábado (19/11) às17 horas. Visitação até 17/12 de segunda a sexta-feira, das 10h às 19 horas.
Onde: Instituto de Arquitetos doBrasil – IABsp (Rua Bento Freitas, 306 – 1º andar. Vila Buarque. São Paulo. SP)
Quanto: Entrada gratuita
Informações IABsp : www.iabsp.org.br
Programação completa da mostra “Calder:Diálogos”: Acesse www.mac.usp.br