FAUUSP digitaliza todo o acervo da revista Acrópole

MAIS DE 27 MIL PÁGINAS DA PUBLICAÇÃO, VEICULADA DE 1938 A 1971, PODEM SER ACESSADAS GRATUITAMENTE

Com aproximadamente 27,5 mil páginas, o acervo completo da revista Acrópole foi digitalizado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Gratuito, o acesso a todo o material já está disponível online pelo site oficial do projeto.

Veiculada entre 1938 e 1971, a publicação registrou o processo de desenvolvimento e crescimento da cidade de São Paulo, com foco nos projetos de relevância arquitetônica. Durante 34 anos, a revista divulgou trabalhos de arquitetos renomados como Ruy Ohtake, Rino Levi, Osvaldo Bratke, Eduardo Kneese de Mello e Siegbert Zanetini.

Abundante fonte de pesquisa, o acervo reúne edifícios emblemáticos da capital paulista, como o Clube Regatas do Tietê, de Vilanova Artigas, publicado na 27ª edição, em 1940. No ano seguinte, a Acrópole levou aos leitores pranchas e fotografias da construção da Via Anchieta e da canalização do rio Tietê.

Meses antes de ser encerrada, a revista publicou a edição especial número 375, inteiramente dedicada ao projeto da criação de Brasília, que contou com análises e especulações sobre o futuro da nova capital federal.

arq_52872

Para acessar o acervo da revista Acrópole, clique: www.acropole.fau.usp.br

Publicada originalmente em ARCOweb em 14 de Julho de 2014